quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Tentando sair da zona de conforto.

Gosto muito de maquiagens neutras, é basicamente o que eu uso no dia-a-dia e não me importo em sair à noite com tons neutros. A quantidade de sombra marrom, bege e champanhe que tenho é impressionante.

De uns tempos pra cá, fiquei um pouco enjoada de tanto usar tons neutros e comecei a me pressionar pra sair da zona de conforto de alguma forma. Não, eu não comecei a usar olho pretão ou pink. Ainda é demais pra mim. Mas comecei a usar mais dourados, tons mais avermelhados e hoje quis testar a paleta Comfort Zone da Wet'n'Wild - engraçado que a paleta é "Comfort Zone" mas não fica 100% na minha zona de conforto.




O que mais me assusta na sombra que usei são os reflexos esverdeados. Achava impossível usar uma sombra dessas numa maquiagem simples. Essa noite/madrugada, surgiu a ideia de testá-la com dois marrons matte desse quarteto da Avon - que por sinal tem uma sombra idêntica a dessa paleta da Wet'n'Wild.



A verdade foi que eu tentei fazer uma espécie de smokey eyes, mas acho que falhei miseravelmente por não ter um pincel de esfumar - o que pretendo comprar em breve.

Não preparei a pele, estava apenas testando as cores nos olhos mesmo.

Apliquei a sombra com reflexos esverdeados da Wet'n'Wild marcada como "definer" no canto externo dos olhos e usei uma sombra iluminadora no canto interno. Apliquei no côncavo a sombra marrom escura matte e no resto da pálpebra, a marrom mais clara que também é matte e depois, apliquei novamente a marrom mais escura, porém, desta vez na pálpebra para mesclar com o marrom mais claro. Fiquei "arrastando" levemente a sombra com reflexos para ela se mesclar com as demais e também a apliquei na linha d'água.




Repito: foi apenas um teste. E a ideia me agradou bastante. Farei amanhã novamente porém mais elaborado porque vou sair, daí mostro pra vocês.

terça-feira, 28 de agosto de 2012

Resenha: Color Tattoo "Pomegranate Punk", Maybelline.

Sou muito fã dos paint pots da M.A.C., tenho dois: o Bare Study e o Groundwork. Adoro ambos, porém, acho muito caro dar R$95 em um produto desses. Um dos paint pots eu comprei no Brasil e o outro comprei quando viajei - infelizmente não lembro quanto eu paguei, mas sei que foi bem mais barato que nas lojas físicas da M.A.C. no Brasil.

Quando a Maybelline lançou as Color Tattoo, fiquei muito empolgada porque a promessa era muito parecida com a dos Paint Pots da M.A.C. e por um preço menor. Ambas podem ser usadas como primer para sombras ou podem ser usadas sozinhas, apenas como sombras.


No eBay, o valor das Color Tattoos é de mais ou menos US$10~15. Comprei com a Duda Gaia quando ela veio pra cá, paguei R$25 - senão me engano - e achei o preço ótimo, visto que peguei o produto em mãos, não precisei pagar ou esperar o frete.


Comprei na cor Pomegranate Punk, é uma cor meio avermelhada, vinho, ameixa com uns  brilhinhos dourados bem sutis. Depois que vi o post da Lívia, desejei bastante essa sombra porque não tinha nada parecido e pensei na infinidade de maquiagens que poderia fazer com ela.




Achei a embalagem ótima: um potinho de vidro que a tampa fecha muito bem para o produto não ressecar. Senti mais confiança na tampa da Color Tattoo do que a tampa do Paint Pot.


Comparando com o paint pot, achei a textura diferente. Parece que o paint pot é mais fácil de usar com os dedos, enquanto a Color Tattoo achei mais legal usar com um pincel. Também achei que ela esfuma mais fácil. Outra comparação é sobre quanto de produto vem: enquanto o paint pot vem 5g, a Color Tattoo vem 4g. Mas esse último fato não me deixou mais chateada ou decepcionada com a Color Tattoo, achei até melhor porque é quase impossível acabar com 5g de sombra em creme ou gel. Com 4g já fica um pouco mais fácil.


Esse fim de semana, decidi me inspirar um pouco nessa maquiagem que a Kristen Stewart usou em uma premiere.




Passei lápis preto por toda a pálpebra para ter uma base de sombra mais escura e depois usei a Color Tattoo. Porém, terminei sujando o rosto com o resto do lápis que tinha ficado no dedo. Comecei a passar a Color Tattoo com os dedos e não ficou legal - foi assim que  descobri que aplicar com o pincel era muito melhor. Fiz o côncavo com um sombra marrom matte da Lâncome e no canto interno passei um pouco do Bare Study da M.A.C. para iluminar.


Ambas as fotos tirei quando havia chegado, cinco horas depois de ter aplicado a Color Tattoo. Não achei que acumulou nas dobras da pálpebra e fiquei extremamente feliz.

Achei o produto tão bom que fiquei tentada a comprar mais, principalmente duas Color Tattoo da coleção limitada de outono que a Maybelline lançou agora pouco.


Não usei por 24 horas - porque a promessa do produto é que ela dura 24 horas nos olhos - porque não uso maquiagem por tanto tempo assim. Porém, o tempo que ela ficou nos meus olhos e o fato dela ter ficado intacta durante todo esse período me deixou bem satisfeita.


Acredito que a Maybelline tenha lançado apenas uma cor matte nessa linha de produtos, o que me deixou um pouco chateada porque queria uma cor meio Painterly que os Paint Pots da M.A.C. oferecem. Outro ponto que não gostei é que essas sombras não serão lançadas no Brasil porque elas ficariam caras devido ao imposto e a proposta da Maybelline é lançar esses produtos com um valor acessível - vi isso lá no Passando Blush.


Como gostei muito do produto, dou cinco coraçõezinhos:



♥♥♥♥♥

Prós:


  • Uma boa alternativa para quem busca um primer de sombras/base de sombras ou até mesmo uma sombra cremosa por um valor acessível;
  • A variedade de cores oferecidas;
  • A sombra ficou intacta e não acumulou.

Contras:


  • Não tem muitas opções de cores matte ou neutras sem brilho para uniformizar a cor da pálpebra;
  • Infelizmente não vende no Brasil.

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Resenha: Perfect Cover B.B. Cream, Missha

Acho que nem precisava de introdução para o post para explicar o que é o BB Cream, mas para leigos no assunto, vou dar um breve resumo: BB Cream é um produto 3 em 1 criado na Alemanha, mas consagrado mesmo lá na Coréia. É um hidratante, base leve e protetor solar - dependendo do produto, até é um anti-rugas e clareador.

Já testei três BB Creams e todos orientais - contando com este que vou resenhar agora. Dois foram aprovados e um foi reprovado - em breve farei uma resenha sobre o que foi reprovado, porque não é só de aprovações que vive um blog, certo?


Comprei esse BB Cream no eBay neste vendedor - que por sinal, foi muito atencioso - por cerca de US$13. Geralmente compro BB Creams em outro vendedor, mas terminei comprando neste porque estava em promoção.




Optei por esse BB Cream da Missha porque já tinha lido resenhas falando muito bem desse produto - principalmente resenhas em blogs que eu admiro. Outro fator era que eu estava precisando de um BB Cream com um FPS um pouco mais alto, era o que o BB Cream da Missha também me oferecia. Como a minha pele é oleosa, geralmente foco em produtos para o este tipo de pele e fiquei com muito receio desse produto não ajudar com a oleosidade - mesmo eu tendo lido em blogs que não era um produto ruim para peles oleosas. Além disso, se tem algo que recentemente descobri foi que eu adoro testar BB Creams.


Vem 50mL de produto - o que é ótimo, visto que os outros dois que eu tenho contém 30g e 43,5g. A embalagem é uma espécie de bisnaga com um pump acoplado - o que é bom e ruim ao mesmo tempo: o ruim é porque o pump é meio que virado de cabeça para baixo, o que fica meio confuso para apertar, e ao mesmo tempo é bom para dosar a quantidade que sai do produto. A bisnaga é feita de plástico e é tranquilo de carregar na bolsa.


Decidi transcrever a descrição que tem na embalagem do produto:

MISSHA M Perfect Cover B.B. Cream offers a novel skincare concept with B.B. Cream, which lightens skin tone by healing visible wrinkles and blemishes with excellent skin-cover ability, and prevents skin aging through effective whitening and anti-wrinkle properties.
Diz basicamente que é um BB Cream com uma boa cobertura, com propriedades anti-rugas e clareadora.

O Perfect Cover B.B. Cream tem disponível em apenas 3 cores. A cor que eu comprei é a segunda mais clara, cor número 21, light beige e a minha cor na M.A.C. é NW20. Logo que passei, achei que ficou muito claro, mas depois de alguns minutos ficou perfeito no meu tom de pele, logo, assim como outros BB Creams, a cor se adapta na pele de quem usa. Diferente dos demais BB Creams, esse não tem um fundo tão acinzentado e as cores que são oferecidas são justamente para ficar o mais próximo possível da pele de quem usa.


Não tenho nada a reclamar em relação a cobertura. Usei em dias que a minha pele precisava cobrir alguns defeitos que surgiram e outros dias que não precisava muito. Gostei bastante do resultado, visto que os demais BB Creams que usei não tinham uma boa cobertura.

Não achei oleoso. Como só testei no período de inverno - o que não significa muito aqui onde vivo pois a temperatura média é 25ºC/27ºC no inverno -, não tive problemas com oleosidade. Achei a cobertura boa e usei um dia com pó e outro sem, não notei diferença se ficou mais oleoso ou não. O acabamento é mais seco que os demais BB Creams - que geralmente deixam aquele glow hidratado na pele - mas não achei que pareceu que eu tivesse usado pó.


Para quem espera um produto com funções hidratantes, eu não recomendo esse BB Cream. Mesmo a maioria dos BB Creams dizendo que tem um efeito hidratante, eu não senti hidratação nenhuma neste - apesar que na embalagem não havia promessa nenhuma a respeito de hidratação. Com este ponto, eu não me importei.



Detalhe para a boca queimada. Já estou tratando isso e está ficando bem melhor.

A foto acima é do meu rosto sem nada: sem hidratante ou filtro solar. Como dá pra ver, eu estava com a pele avermelhada, com manchinhas e uma espinha querendo aparecer.

Abaixo, colocarei uma foto minha só com o BB Cream:




Como vocês podem ver, o BB Cream deu uma ótima cobertura para as manchas e a vermelhidão das minhas bochechas. O ruim foi que ele acentuou ainda mais a queimadura dos meus lábios - acredito que qualquer base faria isso.


Minha pele ainda não precisa de anti-rugas e nem produto para clarear manchas, como uso protetor solar há algum tempo, não apareceram manchas.


Acredito que o preço é justíssimo para todas as funções e principalmente, a qualidade desse produto. Acho perfeito para usar no dia-a-dia visto que o preço é bom e todas as propriedades que tem, e principalmente o fator de proteção solar 42.


Definitivamente esse BB Cream é o meu favorito.


Prós:


  • Vem 50mL de produto - o que é ótimo comparado a maioria dos BB Creams;
  • As propriedades do produto, visto que é uma base leve, hidratante e protetor solar;
  • A cor se "adapta" na pele;
  • Comparando o FPS dos demais BB Creams, que geralmente são 20 ou no máximo 30, o da Missha tem FPS 42;
  • Para quem tem poucas manchas, a cobertura é perfeita.
Contras:

  • Não tem opção de cor para quem é morena ou negra;
  • O pump que ajuda e atrapalha ao mesmo tempo.
Para mim é um excelente produto. Os contras dele não me atrapalham muito, visto que tem cor para o meu tom e eu já consegui lidar melhor com o pump, portanto dou cinco corações porque é perfeito para o dia-a-dia e o custo-benefício é ótimo.


♥♥♥♥♥

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Resenha: blush Bella Bamba, Benefit

Sempre tive muita curiosidade de experimentar os produtos da Benefit. Muitas blogueiras falam bem, mas eu sempre fico um pouco desconfiada quando vejo que uma boa quantidade de blogueiras elogiando tanto medo de jabá.

Há mais ou menos um mês atrás, eu comprei o blush Bella Bamba lá no Smoon'Sale - blog de desapegos de maquiagem da cantora Simone Simons, do Epica. Vi que ela estava desapegando o blush e comprei. Paguei €15 + frete, em reais ficou mais ou menos R$37, o que saiu ótimo para o meu bolso porque na Sephora custa R$124 (auch!)




A caixinha dos blushes da Benefit é feita de papelão e tem um imã para prender. Dentro veio um pincel no qual eu nem pretendo testar. Pode até ser um bom pincel, mas não acho que seja adequado para aplicar blush. (sobre isso, confira no update lá em baixo!)



Infelizmente essa foi a melhor foto que eu consegui tirar, foi a que a cor saiu mais fiel.

Na descrição do produto no site da Benefit diz que o blush é na cor de melancia e tem efeito 3D, o que me empolgou muito porque eu gosto muito de blushes rosados - pode ser matte ou com shimmer. No caso do Bella Bamba, ele tem um leve shimmer dourado, nada muito espalhafatoso. Antes que vocês pensem: ele não serve como dupe do Orgasm da Nars! Acho que todo mundo já sabe que o Orgasm é mais pêssego, o Bella Bamba é rosado. Sobre o efeito 3D, eu nem reparei. A única coisa 3D que eu vi mesmo foi na embalagem porque é daquelas que quando você mexe, a figura muda.


Na caixinha está escrito que vem 8g do produto. É muito blush! Para vocês terem uma ideia, um blush da Nyx vem 5,2g e eu ainda não consegui sequer chegar no fundinho e já tenho há quase um ano.


Uma coisa que eu adorei nesse produto foi o cheiro. Ele tem um cheiro adocicado - lembra a Halls de melancia - no qual eu não achei enjoativo porque é bem leve e não chegou a me incomodar quando apliquei o produto nas bochechas.






UPDATE (03/03/13): esqueci de comentar que o blush esfarela muito, percebi depois de olhar bem para a embalagem das últimas vezes que usei e ver o produto acumulado lá.

Quando testei da primeira vez, usei meu pincel de blush habitual: um com o cabo azul da marca Santa Clara. Gosto bastante desse pincel porque geralmente, ele pega uma quantidade suficiente de produto. Porém, testando o Bella Bamba com esse pincel, ele pegou muito produto! Das últimas duas vezes que usei, testei com um duo-fiber da Macrilan e ficou perfeito.

Com o que foi dito acima, vocês perceberam que o blush é extremamente pigmentado, não é? Sim, ele é bem pigmentado. O que é um ótimo fator. Mas pigmentação não significa durabilidade. Infelizmente ele não aguenta um dia inteiro, mas fica digno por umas três/quatro horas.

Acho que vale a pena investir num blush da Benefit, porém não no Brasil porque o preço é absurdo. Infelizmente o site da Benefit não está mais aceitando encomendas para o Brasil devido aos problemas com os Correios. Não vale R$124, mas acredito que vale US$28.

Prós:
  • A quantidade de produto que vem, afinal de contas são 8g de um produto que você utilizará apenas na bochecha. US$28 pode ser considerado caro num blush, mas no caso deste, acho justa devido a quantidade que veio;
  • A durabilidade é equivalente a dos blushes de marcas como M.A.C. e The Balm - duas marcas que eu considero excelentes.
Contras:
  • A embalagem de papelão não me deixa segura para carregá-lo na necessaire;
  • O tal do "efeito 3D" que não apareceu.



Por fim, dou quatro coraçõeszinhos - de cinco - pra esse blush porque esse negócio de estrela já é passado. Só perdeu um coraçãozinho por causa da embalagem.

♥♥♥♥

UPDATE (06/11): não é que o pincel que acompanha na embalagem é bem digno? Só achei que ele espeta um pouquinho, mas vou lavá-lo e passar condicionador para ver se ele espeta menos. Mas ele pega a quantidade perfeita de produto e esfuma muito bem!


UPDATE (03/03/13): que blush esfarelento! já havia percebido que ficava um pouco na embalagem, mas hoje caiu blush dentro do meu olho! Inacreditável.