terça-feira, 28 de agosto de 2012

Resenha: Color Tattoo "Pomegranate Punk", Maybelline.

Sou muito fã dos paint pots da M.A.C., tenho dois: o Bare Study e o Groundwork. Adoro ambos, porém, acho muito caro dar R$95 em um produto desses. Um dos paint pots eu comprei no Brasil e o outro comprei quando viajei - infelizmente não lembro quanto eu paguei, mas sei que foi bem mais barato que nas lojas físicas da M.A.C. no Brasil.

Quando a Maybelline lançou as Color Tattoo, fiquei muito empolgada porque a promessa era muito parecida com a dos Paint Pots da M.A.C. e por um preço menor. Ambas podem ser usadas como primer para sombras ou podem ser usadas sozinhas, apenas como sombras.


No eBay, o valor das Color Tattoos é de mais ou menos US$10~15. Comprei com a Duda Gaia quando ela veio pra cá, paguei R$25 - senão me engano - e achei o preço ótimo, visto que peguei o produto em mãos, não precisei pagar ou esperar o frete.


Comprei na cor Pomegranate Punk, é uma cor meio avermelhada, vinho, ameixa com uns  brilhinhos dourados bem sutis. Depois que vi o post da Lívia, desejei bastante essa sombra porque não tinha nada parecido e pensei na infinidade de maquiagens que poderia fazer com ela.




Achei a embalagem ótima: um potinho de vidro que a tampa fecha muito bem para o produto não ressecar. Senti mais confiança na tampa da Color Tattoo do que a tampa do Paint Pot.


Comparando com o paint pot, achei a textura diferente. Parece que o paint pot é mais fácil de usar com os dedos, enquanto a Color Tattoo achei mais legal usar com um pincel. Também achei que ela esfuma mais fácil. Outra comparação é sobre quanto de produto vem: enquanto o paint pot vem 5g, a Color Tattoo vem 4g. Mas esse último fato não me deixou mais chateada ou decepcionada com a Color Tattoo, achei até melhor porque é quase impossível acabar com 5g de sombra em creme ou gel. Com 4g já fica um pouco mais fácil.


Esse fim de semana, decidi me inspirar um pouco nessa maquiagem que a Kristen Stewart usou em uma premiere.




Passei lápis preto por toda a pálpebra para ter uma base de sombra mais escura e depois usei a Color Tattoo. Porém, terminei sujando o rosto com o resto do lápis que tinha ficado no dedo. Comecei a passar a Color Tattoo com os dedos e não ficou legal - foi assim que  descobri que aplicar com o pincel era muito melhor. Fiz o côncavo com um sombra marrom matte da Lâncome e no canto interno passei um pouco do Bare Study da M.A.C. para iluminar.


Ambas as fotos tirei quando havia chegado, cinco horas depois de ter aplicado a Color Tattoo. Não achei que acumulou nas dobras da pálpebra e fiquei extremamente feliz.

Achei o produto tão bom que fiquei tentada a comprar mais, principalmente duas Color Tattoo da coleção limitada de outono que a Maybelline lançou agora pouco.


Não usei por 24 horas - porque a promessa do produto é que ela dura 24 horas nos olhos - porque não uso maquiagem por tanto tempo assim. Porém, o tempo que ela ficou nos meus olhos e o fato dela ter ficado intacta durante todo esse período me deixou bem satisfeita.


Acredito que a Maybelline tenha lançado apenas uma cor matte nessa linha de produtos, o que me deixou um pouco chateada porque queria uma cor meio Painterly que os Paint Pots da M.A.C. oferecem. Outro ponto que não gostei é que essas sombras não serão lançadas no Brasil porque elas ficariam caras devido ao imposto e a proposta da Maybelline é lançar esses produtos com um valor acessível - vi isso lá no Passando Blush.


Como gostei muito do produto, dou cinco coraçõezinhos:



♥♥♥♥♥

Prós:


  • Uma boa alternativa para quem busca um primer de sombras/base de sombras ou até mesmo uma sombra cremosa por um valor acessível;
  • A variedade de cores oferecidas;
  • A sombra ficou intacta e não acumulou.

Contras:


  • Não tem muitas opções de cores matte ou neutras sem brilho para uniformizar a cor da pálpebra;
  • Infelizmente não vende no Brasil.

2 comentários:

  1. Desculpa, não prestei atenção à cor da sombra na primeira foto, só na cor dos olhos!!! Que lindo!

    Tà, passou momento babação, kkkkkk.

    Que bom que gostou" Essa cor é linda mesmo. E o legal é que você pode ir intensificando a cor passando várias camadas. Também acho bem melhor para esfumar do que os paint pots.

    bjão!
    Lívia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahahah :P

      Poxa, meu pai tem olhos azuis e minha mãe tem os olhos bem verdes, terminou que eu nasci com olhos verdes escuros, hahahaha!

      Só tem uma explicação: tudo culpa da sua resenha. Eu gostei bastante da textura dele, achei ótimo com o pincel e como é muito fácil de esfumar. :)

      beijão!

      Excluir