domingo, 30 de setembro de 2012

Favoritos (ou mais usados) de setembro ♥

Mais um post de favoritos e/ou mais usados do mês! Setembro eu pude usar mais maquiagem e é só o que tem pra esse mês. Minha rotina de cuidados com a pele continua a mesma do mês passado, por isso não acrescentei nenhum produto a mais dessa área. Acho que não vou repetir aqui nenhum produto que postei nos favoritos no mês passado, mas isso não significa que eu não estivesse usando-os - como é o caso do corretivo Select Moisturecover e do pó Stay Matte da Rimmel.



Começando da esquerda pra direita, o primeiro item é o balm Baby Lips da Maybelline na cor Cherry Me, comprei há uns dois meses atrás e tenho usado bastante! Ele não é tão hidratante quanto o Carmex, mas ainda sim hidrata um pouco, deixa um vermelho bem leve nos lábios e tem FPS 20.

Outro que voltei a usar mais foi o blush líquido da linha Intense do Boticário. Amo esse blush e com certeza ele está nos meus favoritos eternamente! Ele deixa uma cor rosada muito natural e ainda fica o dia inteiro nas bochechas. Ultimamente tenho aplicado três gotinhas, aplico a base ou o pó e passo o blush Peach da Nyx por cima. Mas também utilizo ele sozinho, fazendo um risco pequeno nas bochechas. Gosto de aplicá-lo com o duo-fiber da Macrilan.

Por trás está a paleta Comfort Zone, da Wet'n'wild que eu usei bastante até a metade do mês e dei uma parada por enquanto. Usei mais as cores mais neutras: os marrons e os taupes. Já usei com e sem primer e gosto de qualquer forma.

Voltei a usar o Hue, da M.A.C., é o batom que às vezes eu paro de usar só pra dar uma folga, mas depois eu volto a usá-lo novamente. Gosto muito da cor dele: é um rosinha meio nude com acabamento molhado.

Só voltei a usar a The Colossal porque finalmente comprei um demaquilante bom pra área dos olhos! Essa versão que eu tenho é à prova d'água e geralmente eu não gosto de máscaras assim, mas como essa já estava aberta então eu tenho que usá-la. Gosto do efeito dela e está sendo mais fácil para tirar com um demaquilante próprio pra área.

Há poucos dias já tinha feito uma resenha desse Soft Matte Lip Cream da Nyx na cor San Paulo, tenho usado bastante e amado! Tem resenha dele aqui. O mesmo para o primer HD da Yes! Cosmetics que tem resenha aqui.

Soube hoje que a greve dos Correios acabaram! Fiquei muito feliz porque comprei uns produtos recentemente que estou bem ansiosa para experimentar. Assim que chegar, eu testar e já tiver uma opinião, eu volto!

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Resenha: blush Peach, Nyx

Finalmente eu vou fazer a resenha de um dos meus blushes favoritos! Como já dito no título é o Peach da Nyx.

Quando comprei o Peach eu tinha duas ideias na cabeça: uma era que eu queria muito testar os blushes da Nyx porque o preço era bem acessível e a segunda era que eu precisava de um blush discreto sem muito shimmer.





O verso da embalagem onde tem a composição do produto e mostra que é um produto "cruelty free", ou seja, não foi testado em animais

Vem 5,2g de produto, uma boa quantidade para blush.

A caixinha do produto é bem simples, não é aquele produto que você está pagando a mais pela embalagem, entendem? É algo simples, acredito que seja de plástico, que se cair no chão provavelmente vai rachar ou quebrar, mas é pequeno e ótimo para carregar na bolsa ou necessaire.

O nome da cor é "Peach", mas ele não é bem um blush pêssego, acho que ele é mais um blush rosa claro matte que combina muito com peles branquinhas que querem algo discreto pro dia-a-dia, só pra dar uma corzinha sutil na pele.

Gosto muito de usar o blush líquido do Boticário por baixo e ele por cima, tento não exagerar a mão com o blush líquido e ponho apenas dois ou três pontinhos na bochecha e espalho com o duo-fiber. Depois, com a base e o pó devidamente aplicados, uso o blush Peach.


No começo senti um pouco de dificuldade de pegar o produto com o pincel, mas depois que ele perdeu a "marquinha" desses quadradinhos de fábrica, que com o uso do produto desaparecem, achei bem mais fácil de pegar o produto.



Mesmo sendo um blush claro, eu gostei muito da pigmentação dele. A duração dele é razoável: cerca de três-quatro horas nas minhas bochechas que são meio oleosas.

Não tive problemas com cheiro: só dá pra sentir um cheiro bem de leve - que não é incomodo ou ruim - se encostar bem o nariz próximo ao produto, mas quando aplicado ao rosto, não dá para sentir nada.

Ele não esfarela muito, apenas no começo senti um grande problema porque ele esfarelava e não vinha produto para o pincel, terminava sujando a caixinha toda. Mas com o tempo, ele parou de esfarelar ou eu peguei o jeito de utilizar o pincel com ele.

Comprei esse blush lá na Cherry Culture no ano passado e não lembro quanto tempo demorou pra chegar. Acho que paguei US$5 ou US$6 + frete.

Prós:
  • Ótimo blush para o dia-a-dia por ser matte e discreto;
  • Boa durabilidade e pigmentação;
  • Variedade de cores e acabamentos;
  • A embalagem por ser fina e pequena, torna fácil para carregar o blush na bolsa ou necessaire;
  • O produto não é caro comparado a qualidade de outros blushes de outras marcas, tanto nacionais quanto importados.
Contras:
  • A embalagem do produto é bonita porém não apresenta muita segurança devido ao material;
  • É possível comprar Nyx no Brasil, mas valor aqui é muito alto comparado ao valor dos EUA.
Decidi dar quatro corações para o produto porque pra mim os prós falaram mais alto que os contras.
♥♥♥♥

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Resenha: Nyx Soft Matte Lip Cream, cor San Paulo (update com fotos da cor Antwerp)

Desde que vi esse post no tin-tu-ras, cobiço os tais lip creams da Nyx. Achei as cores lindas e a proposta do produto muito diferente por não ser nem um batom e nem um gloss, mas sim uma tinta matte para lábios. Terminei comprando em duas cores quando vi em estoque lá na Beauty Joint: San Paulo e Antwerp.

Fiquei satisfeita com ambas as cores, são um pouco diferentes das que eu tenho aqui - achei que o Antwerp lembra um pouco o Degas, da Tracta, mas preciso fazer um swatch e analisar isso melhor. Decidi fazer uma resenha e tirar fotos do San Paulo por ser o que eu mais tenho usado ultimamente (UPDATE 20/11: lá no final, pus um update com a foto da cor Antwerp!)




Comprei por US$6 dólares + frete na Beauty Joint e achei o preço ótimo. Como já havia dito é um produto diferente: é como uma tinta para lábios com acabamento matte. Achei o cheiro do produto ótimo, não fica na boca e você só percebe quando abre e tira o aplicador.


Não achei o produto fácil de aplicar na primeira vez, mas na segunda vez, achei bem mais fácil e o aplicador não atrapalha. Quando fui aplicar, achei o produto bem cremoso e adorei a consistência. Passei e vi o produto ainda meio molhado e depois de alguns minutos ele secou completamente e ficou fosco, matte! Como é uma cor mais escura, fica um pouco mais difícil de passar, mas é como qualquer outro batom escuro com um acabamento mais seco.


Como o produto tem um acabamento matte, a gente espera que ele dure bastante nos lábios, mas isso infelizmente não aconteceu comigo. Durou cerca de duas horas e meia e ele não sobrevive caso você faça alguma refeição. Senti que ele acumulou um pouco com o passar das horas e não gostei disso.



Detesto fazer swatch de batom na boca, mas era necessário.
A cor do San Paulo é um rosa escuro, bem fechado, não chega a ser vinho e nem vermelho. Infelizmente não tenho nenhum batom para compará-lo.

UPDATE 20/11/12: usei no fim de semana e consegui tirar uma foto legal do Antwerp. A cor dele é um rosa com um toque meio coral que é bem bonito. Como ele é matte ficou bem marcado na minha boca - que estava um pouco ressecada. Tirei duas fotos e nesse post aqui eu também estou usando-o.





Aqui dá pra ver melhor que o batom é bem seco!


Prós:



  • Um bom produto por um ótimo preço;
  • Variedade de cores;
  • Não escorreu nos lábios.
Contras:
  • Pode ser meio difícil de aplicar;
  • Não dura muito nos lábios.
Pelos motivos acima, decidi dar quatro corações - porque peguei rápido o jeito de aplicar o produto, mas algumas pessoas podem ter dificuldade.

♥♥♥♥

p.s.: sinto que estou um pouco em falta com o blog, mas termina que o dia começa, eu uso um produto, tiro fotos e penso em postar à noite, mas chego tão cansada e atarefada que termino deixando de lado. tenho fotos de alguns produtos e pretendo agendar posts para semana que vem.

terça-feira, 18 de setembro de 2012

Resenha: primer facial HD, Yes Cosmetics

Primer é mais um daqueles produtos que são criados e causam um boom! em vários blogs de maquiagem e de repente tá todo mundo comprando e falando dele. Confesso que demorei para comprar um e foi totalmente proposital: não achava que primer ia mudar a minha vida e para ser franca, não mudou.

Comprei o primer da Yes Cosmetics principalmente porque queria testar o tal do primer. Optei pelo da Yes porque havia lido algumas resenhas que falavam bem do produto, também achei o preço dele justo e até agora não me arrependi dos produtos que comprei da marca.

O primer da Yes custa R$29,50 e vem 15g.



O produto vem numa embalagem de bisnaga preta bem boa e tem um bico dosador que não atrapalhou em nada para tirar o produto, o bico também não soltou produto em excesso, o que é ótimo.

A cor dele é como um creme branco e a textura é bem líquida, fácil de espalhar. Não cheguei a sentir o cheiro de nada forte e não essa questão olfativa (?) não me incomodou.

Na minha primeira tentativa, fui generosa com o primer e apliquei uma quantidade generosa para tentar esconder bem os poros, após alguns minutos, senti que estava transpirando fora comum, foi muito estranho. Acredito que tenha sido o primer porque depois de usá-lo outras vezes em menor quantidade não tenho nenhum problema com transpiração.

Agora eu ponho bem menos: uma bolinha que divido e espalho bem pela área próxima ao nariz e as bochechas - local onde eu tenho mais poros visíveis. No fim, as 15g que vem nele que eu julgava ser pouco, terminou sendo perfeito já que eu não preciso usar muito produto de uma vez só, uma bolinha é suficiente.




O primer é um dos produtos que tem como função prolongar a maquiagem: não senti muita diferença nisso, exceto com o blush líquido que a cor permaneceu perfeita durante tempo que eu estava maquiada, não reparei muito na base e o corretivo que eu estava usando era o Select Moisturecover e acho a duração dele péssima em mim.

O que eu estava mesmo ansiosa para saber era sobre controle de oleosidade e os poros disfarçados.

Ok, ele conseguiu dar uma disfarçada boa nos poros mas o que eu realmente gostei foi do acabamento sedoso e um pouco seco que ele deixa na pele. O acabamento sequinho não é nada muito matte, como se eu tivesse acabado de aplicar pó, mas é algo bonito.

Tirei fotos com e sem primer:





Tirei fotos da área onde eu geralmente aplico primer. Não aplico na testa porque não vejo muitos poros dilatados por lá, apesar de ser a área mais oleosa do meu rosto. Sim, o primer realmente deu uma disfarçada, mas ainda posso ver alguns poros chamando atenção perto do nariz.

Sobre a oleosidade, não foi algo muito mágico: ele aguentou um pouco mais, porém no fim tinha um pouco de óleo na área das bochechas, ainda não dava para fritar um pastel, mas... tinha um pouco.

Prós:

  • Produto nacional, mais fácil de comprar;
  • Achei o preço bom;
  • Conseguiu disfarçar bem os poros dilatados - mas não 100%, apenas uns 80%;
  • Boa textura e ótimo acabamento.
Contras:
  • Ajuda um pouco a pele oleosa, mas nada muito surpreendente;
  • A função de prolongar a maquiagem também não serviu muito para mim, apenas com o blush líquido, mas não notei muita diferença com os outros produtos que eu estava usando.
Por fim, dou três coraçãozinhos para o produto porque esperava que ele suportasse mais a oleosidade do meu rosto e ajudasse a manter o corretivo por mais tempo. Mas, ainda sim ele é bem útil para disfarçar os poros e o acabamento final é realmente muito bom!




sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Resenha: Contouring Blush & Bronzing Powder, E.L.F.

Junto com a Color Tattoo (post aqui), comprei a Duda esse kit de contorno da E.L.F. que eu já estava desejando há muito tempo desde que vi esse vídeo no Ciao, bella! sobre contorno e iluminador. Achei incrível como o rosto fica diferente e bonito com o contorno. Portanto, quando soube que a Duda tinha o kit de contorno da E.L.F. não pensei duas vezes e comprei.



Dizem que ele se parece bastante com o duo da Nars, o Orgasm e o Laguna, infelizmente não o tenho para comparar.


Quando vi as cores de perto, pensei que o bronzer não daria para fazer contorno porque ele tem umas partículas de glitter, mas isso não me impediu de comprar porque eu pus na cabeça que queria esse duo!


O preço dele é bem acessível: acho que em sites gringos custa uns US$5. Comprei a Duda por R$25 e achei o preço justo, visto que eu teria que pagar o frete e o tempo de espera se eu pedisse no Beauty Joint, por exemplo.


Ambos tem brilho, não me incomodou porque eu gosto de blush com brilho e outra coisa: quando eu apliquei o bronzer, o brilho saiu logo, o que ficou perfeito para contorno.



Blush pêssego com brilho dourado
Acho que dá pra ver uns leves brilhitos por aí...
Acho o brilho do blush um pouco chamativo pra usar pela manhã, mas termino usando nesse horário mesmo assim, só esfumo mais e também esfumo com dedos para o brilho sair.

Quando aplico o bronzer, esfumo bem e os brilhos desaparecem.



Amostra na mão
O produto é esfarelento, soltou muito pó e dependendo fica preso na embalagem, o que eu não gosto porque além de perder produto, a embalagem fica toda suja.

Gostei da embalagem, achei prática, o espelho que veio nela é razoavelmente grande e achei excelente para carregar na necessaire. Não veio pincel acompanhando, o que pra mim não é um ponto positivo e nem negativo, visto que não uso muito os pincéis que acompanham os produtos porque eles geralmente causam mais problemas - como por exemplo, a famosa chinelada no rosto.


A pigmentação é ótima! Não foi necessário pesar a mão em nenhum dos dois e quando eu passo o pincel pela primeira vez, já sai uma quantidade ideal para eu passar na bochecha, sem ficar exagerado. Dependendo, se eu quiser mais um pouco de cor, passo mais uma vez e esfumo bem. Achei a cor do bronzer um pouco mais pigmentada que a do blush.




A duração do produto não me surpreendeu: hoje passei primer no rosto e fiquei com ele por um pouco mais de quatro horas e quando cheguei em casa, não tinham muitos vestígios de blush e nem parecia que eu tinha feito contorno porque a linha havia desaparecido. Tinha expectativas que com o primer, o produto durasse mais. Acho que quatro horas é a média que um blush em pó dura em mim.


No geral, eu achei um bom produto.


Prós:


  • Ótimo custo x benefício;
  • Embalagem boa para carregar na bolsa ou em viagens;
  • Quem quiser um blush brilhoso pode carregar mais e quem não quiser, é só esfumar com os dedos. O mesmo vale para o bronzer.
Contras:
  • O produto esfarela demais ao ponto de sujar muito a embalagem e o espelho.
Por fim, dou quatro corações devido aos aspectos já ditos acima. Acho uma excelente opção para quem não quer gastar muito e quer um produto multi-uso bom para carregar na bolsa.

♥♥♥♥

terça-feira, 11 de setembro de 2012

Resenha: corretivo Select Moisturecover, M.A.C.

O Select Moisturecover foi o meu primeiro corretivo da M.A.C. e na época que o ganhei coincidiu em ser o período que eu comecei a ler blogs de maquiagem, procurar revistas e dicas sobre produtos. Ou seja, foi o momento que comecei a me interessar por maquiagens e cosméticos.



Outro fato engraçado é que quando eu ganhei esse corretivo, eu estava muito interessada em comprar algum produto da M.A.C. para testar porque todos os blogs que eu lia na época sempre falavam da tal da M.A.C. e eu achava que precisava ter algum produto da marca porque aquilo ia "mudar a minha vida" e atenderia todas as minhas necessidades no quesito de maquiagem... O que não é bem assim.


Assim como muitas marcas de maquiagem, a M.A.C tem vários produtos com uma enorme gama de cores e  com texturas e acabamentos distintos, tudo isso para atender um público muito diversificado. Ok, a M.A.C. é maravilhosa por causa disso, mas não significa que todos os produtos sejam excelentes porque cada pessoa tem uma necessidade ou particularidade, como você preferir chamar. Acredito que o fato das pessoas tanto amarem M.A.C. seja a quantidade de tudo que eles dispõe e acho que as brasileiras amam tanto porque as marcas nacionais ainda não aprenderam a investir nisso, principalmente nas cores de produtos para a pele.

Resumindo: é bom testar antes os produtos que você deseja comprar para não haver arrependimento. Nem sempre um produto que foi bom para mim vai ser bom para você.


Já que expliquei tudo o que queria explicar, vou dar um rápido "diagnóstico" da minha pele: tenho pele oleosa no verão - tenho ovários policísticos - e mista no inverno. Como moro no Nordeste e o clima é sempre bem quente, na maior parte do tempo minha pele é oleosa. Porém tenho sensibilidade e minha pele tende a ficar seca quando vou para lugares mais frios ou secos, então minha pele precisa de um hidratante potente. Também ando muito no sol: dependo de transporte público e às vezes chego a ir a três ou quatro locais num dia só. Portanto gosto de investir em produtos de longa duração, FPS alto, fácil e rápido de aplicar e que aguentem minha oleosidade.


Depois de tudo isso, vou falar do produto: não gosto do Select Moisturecover. Não acho que ele tenha uma cobertura alta ou uma boa durabilidade no meu rosto. Também não o julgo como um bom corretivo para esconder espinhas, mas é razoável para esconder manchas. É um corretivo líquido e hidratante, não tive aquele famoso problema que ao cobrir as olheiras e algum tempo o corretivo craquelar.




No começo aplicava com os dedos e não gostava muito. Depois comprei o pincel para corretivo da Contém 1g, mas achei ele muito pequeno e fino para passar corretivo e terminou não sendo muito prático. Por fim, redescobri um pincel de base da linha antiga do Boticário que é o que melhor aplicar esse corretivo, mas ainda não me sinto completamente satisfeita, mas já ajuda bastante. Ontem comprei uma espécie de Beauty Blender porém nacional, da marca Belliz - a Esponja Make Up 360° - para ver se o resultado final da aplicação me agrada.

Além de todos os motivos citados acima - cobertura, durabilidade e resultado final -, tem mais dois motivos que me fazem não gostar do corretivo Select Moisturecover: o cheiro e o outro pretendo mostrar uma foto:


Quis aplicar o corretivo na pálpebra - porque a minha é um pouco marrom - para meus olhos ficarem com um tom mais igualado, finalizei com pó e saí. Peguei ônibus, andei um pouco e o clima estava o de sempre, mais ou menos 25ºC ou 27ºC. O resultado foi que em uma hora e meia o corretivo acumulou em toda a pálpebra.

Apesar de tudo isso, estou usando esse corretivo diariamente para poder acabá-lo e usar outros corretivos que prefiro.


Prós:


  • Opções de cores - no total são 14 opções, das mais brancas até as negras e para quem tem subtom rosado ou amarelado.
Contras:

  • Cobertura leve;
  • Baixa durabilidade;
  • Extremamente hidratante - julguei como um contra visto que foi hidratante demais para a minha pele oleosa.
Preferi colocar apenas esses contras porque os demais que citei no post foram o que aconteceu comigo, minha sugestão é você testar na loja para analisar se o produto realmente se adequa as suas necessidades. Como foi presente e infelizmente não se adequou as minhas necessidades darei apenas um coraçãozinho.


sábado, 8 de setembro de 2012

Saindo da zona de conforto: sombra verde

Como eu havia comentado neste post comprei uma paleta da Wet'n'Wild chamada Comfort Zone e me inspirei nela para sair da minha zona de conforto.

A paleta é linda, muito pigmentada e tenho usado bastante - o que é maravilhoso porque significa que não foi dinheiro em vão.

Como passei a semana em casa sem sair por conta da extração de dois sisos, já estava um pouco desesperada para sair. Aproveitei a saída para usar algo mais colorido.



Acho que ainda não dá pra ver muito bem o que eu estava usando, então, tirei uma foto de olho fechado.



Sim, eu usei verde!

Nunca imaginei que usaria verde. Não tenho nada contra a cor, mas como sempre fui do time dos marrons e beges, imaginei que a minha primeira maquiagem fora da zona de conforto seria azul, porque já usei uma vez e achei bonito. Mas aí foi o verde porque estou amando a Comfort Zone e a maioria dos tons dessa paleta são verdes ou meio esverdeados.

Aproveitei a foto do outro post e marquei as sombras que eu usei:



Espero me inspirar mais para fazer mais algumas maquiagens com essa paleta em breve.

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Favoritos (ou mais usados) do mês de agosto

Há dias estava pra fazer esse post, mas uma série de coisas aconteceram e eu terminei adiando. Essa semana ficarei de repouso em casa porque finalmente tirei os últimos dois sisos que me sobravam, aí estou vendo se consigo fazer mais posts.

Sempre gostei de saber quais os produtos que as pessoas usam mais em certos meses. Ultimamente tenho gostado bastante de ver quais os produtos eu uso mais porque é uma forma de saber o que serviu e seria bom comprar novamente e o que não serviu ou está abandonado.

Esse mês os Correios entregaram boa parte das coisas que pedi em junho/julho, mas ainda tem uma encomenda de abril que não chegou. Ainda tenho algumas encomendas para chegar, mas não lembro exatamente o que.

Enfim, ainda estou arrumando um bom lugar para as fotos e para completar, a lâmpada do abajur queimou e eu ainda não a comprei.

Não tirei fotos pensando bem em categoria, somente na última foto que pensei nisso.


1. Sombra Tapestry Taupe, Cover Girl;
2. Pó Stay Matte, Rimmel London;
3. Blush na cor "Peach"; NYX.

A Tapestry Taupe é definitivamente um favorito, não só desse mês mas de sempre! Por incrível que pareça, eu troco qualquer Naked por um estoque de Tapestry Taupe. Uso tranquilamente sem primer para olhos e ela fica perfeita por muitas horas. A cor dela é perfeita: posso usá-la pela manhã ou à noite. O cor e o brilho ficam mais intensos conforme a quantidade de camadas que eu passo. Não gosto de passar muitas camadas dela pela manhã porque gosto de ficar com os olhos bem básicos.

Esse mês tentei organizar minhas maquiagens: pus uma etiqueta rosa em cada produto que está próximo do fim e eu gostaria de abater ainda esse ano. O Stay Matte é um deles. Tenho mais um fechado aqui. Provavelmente não irei comprar pó tão cedo porque tenho um blot pressed powder aberto, outro fechado, o Stay Matte aberto, o Stay Matte fechado, um mineral da L'Oreal fechado e um translúcido da Contém 1g que eu carregava na necessaire. No geral, gosto do Stay Matte, mas prefiro o blot porque acho o acabamento mais fino.

Antes eu não gostava do blush "Peach" porque eu passava o pincel e o blush não vinha. Com o uso contínuo de alguns meses atrás, os quadradinhos foram desaparecendo e o blush começou a sair bem para o pincel. Adoro usá-lo pela manhã quando quero ficar corada porém não muito. É um blush rosa claro sem brilho, perfeito para dar o toque sutil de corado.


4. B.B. Cream Perfect Cover, Missha;
5. Corretivo Select Moisturecover, M.A.C.;
6. Rímel Great Lash Big, Maybelline.

Desde que esse B.B. Cream chegou, tenho usado bastante. Achei a cobertura e o acabamento maravilhosos. Tem resenha dele aqui.

O Select Moisturecover não é meu corretivo favorito, tenho ele já faz um tempo e acho que ele está bem perto de acabar se eu continuar usando no mesmo ritmo que tenho usado - ou seja, só tenho usado ele. Quero muito acabar logo com ele para usar outros que tenho aqui.

Meu rímel favorito! Adoro o Great Lash Big! Ele alonga bem, dá pouco volume e não é a prova d'água. Gosto pra usar também pela manhã, mas à noite também fica ótimo, principalmente quando passo várias camadas, o que gera cílios enormes.


7. Clearskin Loção Tônica Facial Adstringente, Avon;
8. Bepantol Baby;
9. Ultrasheer face dry-touch sunblock FPS 70, Neutrogena;
10. Renew Reversalist, Avon.

Comprei esse tônico facial esse mês porque estava achando a minha testa mais oleosa que o normal e já estava sem um adstringente há meses. Já havia usado o adstringente antigo da linha, mas acho que a fórmula não mudou. Só usei dois tônicos na vida: esse e o da Clean&Clean. Gosto mil vezes mais desse -visto que o da Clean&Clear só cheira a álcool.

Enquanto a minha testa estava oleosa, minha boca e o canto do meu nariz estavam extremamente seco. Tentei hidratante Nivea e deu uma amenizada no nariz, mas o Carmex não estava servindo para os lábios. Tive que comprar Bepantol e ele tratou em menos de uma semana! Nunca mais vou deixar de ter Bepantol aqui.

Como agora tenho saído mais pela manhã para resolver as coisas e ter algumas aulas, tenho usado esse protetor da Neutrogena. Já havia dito antes que só a minha testa estava oleosa, mas eu sempre lavo bem o rosto com sabonete próprio para pele oleosa e assim que eu lavo, fica ok e daí eu passo o protetor solar. Comecei a gostar mais dele agora que o clima não está tão quente e a minha pele absorvendo rápido e ficando sequinha, com pouquíssimo brilho. Ele está próximo do fim, o que é bom porque eu já encomendei outro protetor solar.

Minha pele não está pedindo anti-rugas, mas tenho usado esse creme da Avon nas olheiras e tenho gostado bastante do efeito: minhas olheiras não desapareceram, mas sempre que eu uso e durmo bem, elas tem ficado mais amenas, além da área dos olhos estarem mais hidratadas.

Então, foi basicamente isso que usei no mês de agosto. Em breve pretendo resenhar sobre esses produtos e mais alguns que comprei recentemente.