quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Pincel gigante para olhos

Não vou escrever muito, só quis compartilhar com vocês que acabou de chegar um kit de pincéis para olhos da Ecotools que pedi no buyincoins. Quando abri, fiquei impressionada com o tamanho do pincel de "blend",  decidi tirar uma foto para mostrar para vocês.

O primeiro é o pincel para sombras da Macrilan - o que eu geralmente uso - , o do meio é o "blend" da Ecotools e o último é língua de gato antigo do Boticário que uso para corretivo.

Vou testar se é possível usá-lo na pálpebra e depois posto algo sobre os pincéis.

UPDATE: testei os outros pincéis do kit. São bem bons! Acho que em breve faço resenha deles.

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Favoritos (ou mais usados) de outubro ♥

Outubro tá acabando e preferi adiantar o post de favoritos e mais usados do mês de outubro

Minha rotina de cuidados com a pele mudou um pouco porque andei tendo alguns problemas de ressecamento na área do nariz, mas a minha testa ainda sim estava oleosa. Deixei um pouco de lado o tônico da Avon que estava usando desde agosto, usei o Assepxia mais na região da testa e na área ao redor do nariz usei o sabonete Dove, por fim, passei Bepantol diariamente para ver se diminuía esse ressecamento estranho. Por enquanto está bem melhor, mas já tenho consulta marcada com a dermatologista. Ainda sobre cuidados com a pele, sinto que o meu protetor da Neutrogena está dando seus últimos suspiros, o que me deixa muito feliz porque finalmente vou poder usar o protetor da Bioré que comprei há um mês atrás.


Continuei usando o blush líquido do Boticário que comentei no mês passado, mas não o pus na foto porque ele já estava nos favoritos do mês passado e eu evito repetir produto na foto - apesar do Select Moisturecover ter entrado no meio.




1. Base Teint Miracle, Lancôme: essa miniatura de base veio num kit da Lancôme que ganhei da minha mãe. Acho o acabamento dela maravilhoso, é a única base que tenho que não tem acabamento matte. Ela tem SPF15 e é na cor 03 Beige Diaphane, ficou um tom mais escura e também ficou amarelada, esses dois fatores não me impediram de usar porque eu usei a técnica do bronzer.


2. Corretivo Studio Finish, M.A.C.: tem resenha dele aqui. Terminei usando-o porque minhas olheiras atacaram esse mês e acho mais prático de usá-lo do que o Select Moisturecover.


3. Corretivo Select Moisturecover, M.A.C.: também tem resenha dele, é só clicar aqui. Só uso esse produto porque estou na incumbência de acabá-lo.


4. Blot Powder Pressed, M.A.C.: meu pó favorito! Acho ele mais fino que o Stay Matte da Rimmel e acho que ele segura mais a oleosidade. A etiqueta rosa é pra eu lembrar de usá-lo porque ele está acabando - e eu já tenho outro no estoque.


5. Pó Stay Matte, Rimmel: gosto de usar esse pó quando estou com pressa. Passo o protetor, corretivo e ele por cima para dar uma matificada. Como acho ele um pouco mais grosso, acredito que dê uma leve cobertura.


6. Contouring blush & bronzing powder, e.l.f.: descobri que bronzer é legal e me apaixonei. É ele que eu uso quando uso a Teint Miracle. Como sou muito branca, às vezes quero dar uma "aquecida" no rosto" e gosto de usar o bronzer também.


7. Paint Pot Groundwork, M.A.C.: gosto muito desse paint pot, acho a cor linda e acho sombras cremosas um item muito prático. Uso sozinho ou como base de sombras. Geralmente uso só mesmo por conta da pressa. Tirei uma foto dele aberto para vocês verem melhor a cor:




Ele tá meio pra um lado por causa de uma queda que levou.


8. Rímel The Falsies, Maybelline: Redescobri esse rímel. Ela estava aberta há um tempo e como eu tenho umas quatro máscaras abertas, terminei esquecendo dela. Gosto de tirar o excesso do produto num papel e depois passar nos cílios.


9. Lip butter na cor Cherry Tarte, Revlon: Não me impressionou muito. Acho a durabilidade dele fraca - mas ele é um lip butter, um produto que geralmente tem durabilidade fraca nos lábios - e não senti muita hidratação. Mas amo a cor! Não é um vermelho muito gritante, por isso tenho amado usar no dia-a-dia.


Quando eu comecei a juntar os produtos, não me pareceu muito, mas na hora de escrever... É muita coisa! 


Estou esperando alguns pincéis de olhos e uma paleta de sombras, agora só depende da boa vontade dos Correios. Enfim, em breve volto com as resenhas. Vocês gostariam que eu resenhasse algum produto que saiu nos favoritos?

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Resenha: blush Hot Mama!, TheBalm

O blush Hot Mama! também foi um dos itens comprados no Chile junto com o iluminador Mary-Lou Manizer, assim como o iluminador, o blush também é da marca TheBalm.

Primeiro que eu não precisava de mais um blush, mas eu não consegui me conter quando eu vi esse; segundo que eu não tenho nenhum blush parecido com esse, portanto não me arrependi de ter comprado-o.


Existem várias comparações do Hot Mama! com o Orgasm da NARS, como não tenho o último, não posso compará-lo, mas posso dizer que o Hot Mama! é um blush entre o rosa e o coral com brilhos dourados - que é como caracterizam o Orgasm.


Também não lembro exatamente o quanto paguei nesse blush, mas acho que foi entre R$40 e R$45, não achei caro porque se formos comparar com os blushes da NARS, o da TheBalm saiu mais barato.


Acho a embalagem um pouco frágil, tenho minhas dúvidas se levaria ele comigo no dia-a-dia, mas é muito bonita - assim como todas as embalagens dos produtos da marca. O material deve ser papelão e algo mais duro, mas não sei bem informar. Tem um imã para abrir e fechar que achei bem seguro e também tem um espelho - pequeno, mas tem.




Vem 7.08g de produto - uma grama a menos que o maior blush que tenho, o Bella Bamba da Benefit.

Não tive problemas dele esfarelar, o que para mim é ótimo porque sempre que o blush é esfarelento, eu me sujo toda. Outro ponto é que ele é extremamente pigmentado. Sempre tenho que tomar muito cuidado com isso porque já pesei muito a mão uma vez e fiquei desesperada com a pigmentação dele. Considero isso um aspecto bom porque o blush provavelmente vai render bastante.




Ele realmente tem muitos brilhinhos, mas na foto que eu tirei da minha bochecha, não apareceu muito - estranho, mas deve ter sido algum problema da câmera. Por conta desses shimmer, eu prefiro usá-lo a noite, mas já usei também pela manhã. O shimmer dele não é brilho-glitter, são partículas douradas bem bonitas.



Esfumado (esquerda) e concentrado (direita)
Na foto acima acho que dá pra ver bem os brilhos.

Em relação a duração no blush, ele foi o que mais durou em mim - na categoria blush em pó -, durando cerca de 6 horas.



Os brilhos de cima são do iluminador Mary-Lou Manizer.
Como a TheBalm não tem loja aqui no Brasil, dá pra comprar os produtos deles no site da marca e na Brigette's Boutique.

Prós:

- Dizem que é um dupe do Orgasm da NARS - e ele é mais barato que os blushes da NARS;
- Excelente durabilidade;
- Vem muito produto (7.08g é muito blush!);
- Ótima pigmentação.

Contra:

- Não vende no Brasil  Agora vende na The Beauty Box!;
- Embalagem meio frágil, parece ser papelão.

No total, dou quatro corações - porque isso de não vender no Brasil não é tanto problema pra mim, porque geralmente eu compro online mesmo -, só perdeu um mesmo por causa da embalagem.

♥♥♥♥


terça-feira, 23 de outubro de 2012

Resenha: iluminador Mary-Lou Manizer, TheBalm.

Comprei esse iluminador em maio desse ano lá em Santiago numa loja - DBS Store - que era um paraíso para comprar maquiagens de marcas que não encontra-se no Brasil - como Essence, Too Faced e TheBalm.

Quando comecei a pesquisar sobre iluminadores lia constantemente sobre o Soft and Gentle (M.A.C.), Silver Dusk (M.A.C.), High Beam (Benefit) e o Mary-Lou Manizer.


Optei pelo Mary-Lou porque foi mais fácil de encontrar, não achei tão caro e ele é um iluminador prensado - geralmente tenho dificuldade com produto em pó solto, como o Silver Dusk. Paguei em pesos chilenos e convertendo ficou entre R$50 e R$55, não lembro muito bem.




Acho que a embalagem é um caso a parte porque eu amo esses desenhos vintage que são típicos da TheBalm. Ele vem numa embalagem como se fosse um pó compacto porém sem o aplicador, mas vem com espelhinho.


Vem 8,5g de produto, isso significa que é iluminador pra vida toda! Vem 0,5g a mais que o blush Bella Bamba da Benefit - o que já é muito pra um blush.




Esse iluminador é um pó prensado perolado com partículas finíssimas douradas. Vejam bem, não é glitter daqueles que vendem em papelaria, pelo contrário, são brilhos minúsculos, nada bregas.


A durabilidade dele é ótima, já passei ele no dia-a-dia e ele permanece na pele até à noite, já usei em festas e ele continua intacto.


Costumo aplicá-lo com os dedos e esfumo com um pincel tipo de blush porém bem fino que tenho. Gosto de passar iluminador nas têmporas, na ponte do nariz, no arco das sobrancelhas e no arco dos lábios - acho que esse post da Marina - do 2beauty - no Petiscos ilustra bem.


Tinha uma foto usando esse iluminador no celular e preferi usá-la aqui porque ficou bem destacado os brilhos.




Prós:

- Combinação perfeita de excelente produto + ótimo custo + embalagem linda + boa quantidade na embalagem;
- Ótima opção pra quem quer um bom iluminador dourado.

Contra:

- Infelizmente a TheBalm não tem loja no Brasil, mas os produtos da marca são encontrados facilmente na internet. Agora vende na The Beauty Box!

Por fim, dou cinco corações porque Mary-Lou é amor



♥♥♥♥♥

E juro que se eu pudesse dar mil corações, eu daria!


segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Resenha: corretivo Studio Finish, M.A.C.

Além de ser obcecada por blushes, também sou obcecada por corretivos. Tenho olheiras que quando não durmo bem sinto que elas se agravam e isso me incomoda bastante, logo, também termino investindo em corretivo. Ah, e as minhas olheiras são amarronzadas.

Semana passada dormi muito mal alguns dias e o Select Moisturecover não conseguiu cobrir bem. Fui checar a minha caixa de maquiagens e terminei usando o Studio Finish, também da M.A.C.




Não lembro exatamente quanto eu paguei, comprei-o no duty free, quando fui viajar, mas na Sephora custa uma pequena fortuna - R$89.

A minha cor é a NW20.



Comprei porque eu queria um Paint Pot na cor Painterly para neutralizar a cor da minha pálpebra, mas a vendedora disse que o Studio Finish seria melhor nessa função. Mas o pior foi que eu nunca testei nessa função, então não tenho como afirmar se ele atinge ou não as minhas expectativas nesse quesito.

O Studio Finish é um corretivo full-coverage - cobertura total - e tem SPF 35 na sua fórmula. Ele é um corretivo meio pastoso, mas não tem muito aquela textura de corretor. É possível aplicar com os dedos ou com o pincel, eu prefiro aplicar com um pincel língua-de-gato - de preferência o da linha antiga do Boticário, quando nem existia Make-B.

Amei esse corretivo! Ele vem com 7g de produto - o que é uma excelente quantidade para um corretivo, principalmente pastoso. Não senti cheiro nenhum dele, o que é excelente! Acho que ele vai render bastante, o que me deixa bem satisfeita porque sinto que o preço que paguei é justo pela quantidade e qualidade.

Terminei tirando algumas fotos de antes e depois - com e sem corretivo - num dia que as minhas olheiras estavam bem amenas. Peço que por favor, vocês relevem as minhas sobrancelhas.




Gosto de passar um pouco de hidratante ou primer na área dos olhos antes de aplicar o corretivo porque geralmente ele acumula um pouco - mas não é nada demais, nada que as pessoas vão reparar muito, como já disse é um pouco.

Acho a cobertura dele maravilhosa, não tenho nenhum corretivo que tenha tanta cobertura quanto ele. De acordo com o Maycon - no vídeo de guia de corretivos da M.A.C. - , o Studio Finish cobre até tatuagem! Fiquei bem impressionada quando soube disso, nunca testei, mas acredito que cubra mesmo porque ele é full-coverage.

Prós:

- Excelente cobertura;
- Variedade de cores;
- Tem fator de proteção solar 35.

Contras:

- Infelizmente nas lojas da M.A.C. ou na Sephora do Brasil, custa muito caro - mas se você for viajar, vale muito a pena;
- O corretivo pode acumular na parte das olheiras caso não use um hidratante.

Por fim, darei quatro corações ao produto porque comprei-o fora e porque não me importo muito com isso dele acumular pois no meu caso ele acumula pouco e isso não me atrapalha.



♥♥♥♥

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Sombra meio roxa, meio cinza (ou será taupe?)

No fim de semana eu resgatei um quarteto de sombras da Rimmel que eu gosto muito mas devido as novas sombras compradas, terminei deixando ele um pouco de lado.

Acho esse quarteto lindo, com cores bem neutras e acetinadas o que eu acho ótimo para usar no dia-a-dia porque não são muito chamativas mas são lindas. A cor do quarteto é "bronzed".




A cor que eu mais tenho gostado de usar é essa primeira que está marcada com um quadrado. Ela fica entre o cinza e o roxo, dependendo da luz.



Já usei com e sem primer. Com o primer a cor fica mais vibrante, mais viva e não acumula. Sem primer não acumulou muito, mas a cor não ficou tão vibrante. Na foto eu estou usando a sombra que marquei na pálpebra inteira, a rosa que está abaixo da sombra marca usei no canto interno e a sombra marrom - que está ao lado da sombra que eu marquei na foto - usei esfumada no côncavo só para dar uma profundidade.

Estou amando porque posso usá-la no dia-a-dia e provavelmente irei usar bastante esse quarteto nas próximas semanas.