sexta-feira, 28 de junho de 2013

Favoritos (ou mais usados) de junho ♥


Finalmente eu consegui prestar mais atenção no que eu usei muito em junho - porque às vezes eu esqueço o que eu usei ao longo dos dias já que não tenho uma rotina certa de maquiagem - e separei pra mostrar pra vocês:


1. Sombras "Cinzete", "Cinzote" e "Cinsolente", quem disse, berenice?: apesar de ter tido meus problemas com as sombras da quem disse, berenice? coloquei elas por aqui porque usei muito esse mês já que eu queria fazer a resenha delas e encontrar uma forma de fazer elas durarem na minha pálpebra. Resenha aqui;

2. Corretivo iluminador Dream Lumi Touch, Maybelline: eu não lembro exatamente quando eu recebi, mas desde então tenho usado muito também pra fazer as resenhas. Gostei muito nele nos dias que eu via que as minhas olheiras estavam piores que o normal, já que ele dá uma cobertura extra. Resenha aqui


3. Paint Pot "Painterly", M.A.C.: ainda não fiz resenha desse produto, mas gosto de usá-lo pra deixar a cor da minha pálpebra uniforme e como primer de sombras;


4. Blush Bella Bamba, Benefit: em junho eu preferi uma bochecha mais rosada. Claro que usei os outros blushes que tenho, mas o que mais usei mesmo foi esse. Resenha aqui;


5. Hidratantes labiais "Puro & Natural, Mel & Leite" e "Essential Care", Nivea: depois de ler esse post da Fabíola do Cocota Nerd com a resenha desses produtos, fiquei com muita vontade de testá-los. Depois de andar em várias farmácias da cidade, finalmente encontrei e comprei logo dois. Tenho adorado esses lipbalms e eu sempre tenho um na bancada do computador e na caixa de maquiagens pra passar antes do batom;



Da esquerda pra direita: 1) Intense batom líquido na cor 10, O Boticário; 2) Sombra "Cinzete", quem disse, berenice?; 3) Sombra "Cinzote", quem disse, berenice?; 4) sombra "Cinsolente", quem disse, berenice?

6. Intense Batom líquido FPS 8 "cor 10", O Boticário: ganhei esse gloss de aniversário e gostei muito dele. Ele é meio avermelhado e tem uns brilhos dourados. Não achei muito melequento e gosto de usá-lo sozinho ou por cima de algum batom. Apesar de não ser a maior fã de gloss, esse do Boticário até que me conquistou.


Quais foram os produtos favoritos de vocês em junho?

terça-feira, 25 de junho de 2013

Resenha: corretivo iluminador Dream Lumi Touch, Maybelline

Antes de comprar a canetinha da L'Oreal (resenha aqui) eu havia encomendado a da Maybelline no site Feelunique (por sinal, recomendo bastante a loja. Tem frete grátis e foram muito atenciosos comigo, conto mais a seguir).

Apesar de ter comprado no fim do ano passado, a canetinha nunca chegou. Terminei pedindo outra no site em abril, que também nunca chegou. Por fim, enviei uma mensagem para o site e eles me reenviaram a do ano passado que não tinha chegado!!! Após algum tempo também reclamei a de abril e eles enviaram outra. Um dia depois que eu reclamei a de abril, chegou a que foi reenviada do ano passado. Portanto, recomendo bastante a loja! Mas foi muita falta de sorte as primeiras canetinhas não terem chegado...


Outra sugestão: antes de ler esse post, eu sugiro que você leia a introdução da resenha do corretivo iluminador da L'Oreal que fiz para entender o por que e o que eu busco com uma caneta iluminadora.


Voltando ao corretivo iluminador... Escolhi o da Maybelline porque já tinha lido algumas resenhas positivas sobre ele (tem a resenha da Anninha aqui e da Manoela, do makeupgeekbr, aqui) e eu estava louca pra testar um corretivo iluminador.




Lembro que comprei este por uns US$10, acho que hoje ele custa um pouco menos.


A embalagem do corretivo é bem comum para esse tipo de produto. Infelizmente eu não sei exatamente quantos mls vem, mas acredito que tem entre 1,5 ou 2ml no máximo. Como é embalagem canetinha, aperta de um lado e sai produto da outra ponta. Como eu sou desastrada, sempre sai mais produto do que preciso.


A cor que eu escolhi foi a 01 Ivory. Ela tem um fundo mais rosado, parece mais um corretivo líquido e eu fiquei um pouco descrente se serviria para o propósito no qual eu esperava.


Algo que me deixou bem surpresa com esse corretivo iluminador foi que diferente do corretivo da L'Oreal, o da Maybelline tem uma cor mais próxima ao tom de pele, enquanto o da L'Oreal (pelo menos o meu) é mais claro, quase branco.


Gostei muito do Dream Lumi Touch: quando eu estou em dias ruins com as olheiras e preciso de uma ajuda extra, a cor dele esconde melhor as olheiras, mas não senti que ilumina tanto. Não quero ser chata, mas sim, ele ajuda a camuflar e a parecer mais descansada, mas nada muito surpreendente.



1. Só com hidratante; 2. Com BB Cream; 3. Com corretivo (usei o Even Better da Clinique, resenha aqui); 4. Aplicação do corretivo iluminador. E desculpa pela sobrancelha!
Resultado final. A culpa do acumulo foi do Even Better, terminei aplicando muito produto.
A duração dele é boa, principalmente quando eu uso em baixo do Pro-Longwear.

Prós:

• É um produto relativamente barato, principalmente comparado com o preço das opções nacionais;
• Devido a cor do corretivo iluminador, ele ajuda a camuflar as olheiras caso ainda esteja aparente abaixo do corretivo.

Contras:

• Não vende no Brasil. Eu sempre listo isso como um "contra" porque tem gente que por n motivos não compra em sites internacionais. Eu não considero isso um problema e eu não tiro corações da avaliação final por isso, mas é bom deixar claro;
• Não me surpreendi com a função de iluminar dele.

Sim, eu recomendo esse corretivo apesar do efeito fraco de iluminador. Recomendo principalmente para quem tiver muitas olheiras e o corretivo não cobrir 100%, mas acho legal frisar que não achei que ele ilumina tanto assim.


Decidi dar quatro corações, tirei um porque fiquei desapontada com o iluminado prometido.



♥♥♥♥

segunda-feira, 10 de junho de 2013

Resenha: sombras "Cinzete" e "Cinzote", quem disse, berenice?

Quem não ficou curioso/a com o lançamento da quem disse, berenice? Eu estava louca pra testar algo da marca, mas infelizmente até agora não abriu nenhuma loja por aqui. Ainda bem que o site lançou e tivemos acesso a várias amostras de cores.

Aproveitando uma promoção feita no facebook de lançamento da loja online da marca, consegui um cupom de desconto de R$10 e frete grátis.


Depois de procurar muitos posts para decidir qual sombra comprar, optei pela Cinzete e pela Cinzote. O post da Antonia (clique aqui para ler) e o da Renata (clique aqui e aqui para ler) me ajudaram muito a escolher as cores.




O preço regular das sombras é R$23,90, mas quando comprei, devido ao cupom, tive desconto e o preço de cada saiu por R$18,90.


O que mais me impressionou quando elas chegaram foi o tamanho porque a embalagem é bem pequena, mas quando você compara com uma sombra da M.A.C., percebe que ambas tem 1,5g. Ainda sobre a embalagem, é uma fofura e é bem feita, parece resistente, não tenho nem o que reclamar sobre isso.


As cores que eu optei foram a Cinzete, um cinza que puxa um pouco pro roxo com shimmer prateado, e Cinzote, que é um cinza que puxa um pouquinho (bem pouco mesmo) pra o verde com shimmer. Ambas as cores são frias e apesar da Cinzete ser mais escura, acho que dá pra fazer um esfumado para o dia-a-dia.



Cinzete e Cinzote, respectivamente.
Sobre a qualidade das sombras, a minha opinião é um pouco dividida: gostei muito da textura, é um pó fininho, a pigmentação é muito boa, dá pra esfumar tranquilamente, porém, com o passar das horas senti as sombras perdendo a cor e depois disso acumulando. E antes que me digam que foi por falta de primer eu já aviso que não foi, porque da primeira vez que apliquei as sombras usei o primer da Yes, também testei com um Paint Pot e com a Color Tattoo. O melhor resultado que obtive foi com a Color Tattoo.

O fato da sombra acumular me deixou um pouco desapontada. Antes mesmo dessas duas sombras chegarem, eu já havia pedido outra e por um momento eu me arrependi, porque poderia pagar mais caro e ter comprado uma sombra Duda Molinos - que apesar de custar R$2 a mais, se levarmos em conta que as sombras da quem disse, berenice? custam R$24, a Duda Molinos tem o dobro do tamanho e eu acho a qualidade delas impecável.


Comentei sobre isso lá na Comunidade Conversa de Beleza perguntando se tinha acontecido isso com mais alguém. A Sony respondeu que sentiu que as sombras também perderam a intensidade com o passar das horas, mas não haviam acumulado e a Renata, que também tem a pálpebra oleosa, disse que não havia acumulado porque ela prepara bem a pálpebra. Ela me deu uma "receitinha" de como faz e eu vou testar, depois conto.


No mais, acho que se você tiver pálpebra oleosa, mas tem um bom primer, as sombras da quem disse, berenice? pode ser uma boa. Se você não tem pálpebra oleosa, é uma boa ideia.


Mais um ponto que eu queria abordar é sobre o envio do pedido que é feito via PAC: tem código de rastreio, mas a quem disse, berenice? não informa quando compramos, então quem pede via loja online fica sem poder acompanhar o pedido.


Acredito que a quem disse, berenice? é uma novidade muito boa que surgiu no mercado de beleza. Não chega a ter preços tão altos como os praticados pela Contém 1g, a linha Make B do Boticário e a Natura, mas pode concorrer com marcas como Duda Molinos, Tracta e Yes. O grande diferencial da quem disse, berenice? - na minha opinião, claro - é a variedade que eles proporcionaram.


Prós:

• Variedade de cores;
• Produto nacional, ou seja, é mais fácil de encontrar e o custo é menor;
• Excelente textura.

Contra:

 Infelizmente, essa sombra acumulou em mim, mas talvez eu precise caprichar mais na aplicação do primer de sombras. Ao que parece fui um caso isolado, mas quem tiver interesse nas sombras e oportunidade de testá-las, sugiro testar antes de comprar.

Não sei se eu compraria novamente devido ao aspecto contra acima. Para os padrões de sombra, acho que a quantidade de produto que vem é boa e a proposta da marca ao lançar tantas cores foi excelente. Pensando nisso, dou quatro corações:




sexta-feira, 7 de junho de 2013

Resenha: Color Tattoo "Bad to the Bronze", Maybelline

Apesar de já ter feito resenha do produto Color Tattoo da Maybelline, decidi fazer um novo post para comentar da cor e reforçar a resenha da sombra cremosa, logo este post será mais curtinho.

A primeira cor que resenhei foi a "Pomegranate Punk" que é um tom mais avermelhado com brilhos (para ler o post dela, clique aqui). A minha experiência com essa sombra foi tão boa que há muito tempo eu estava querendo comprar outras cores, com a viagem surgiu essa oportunidade.




A Color Tattoo é uma sombra cremosa feita para durar 24 horas. Eu não fico maquiada 24 horas, mas às vezes fico um bom tempo e percebi que a sombra não acumula, não perde a cor ou brilho independente se está chovendo ou calor.

Como eu havia comentado no post da cor Pomegranate Punk, a embalagem é de vidro, com tampa plástica preta de rosquear. A cor fica bem visível e o nome fica do outro lado. Vem 4g de produto.


No post antigo eu reclamei que não tinham muitos tons neutros, mas aos poucos, a Maybelline lança coleções limitadas das Color Tattoos e sempre vem alguma mais neutra.


Falando em tons neutros, a Bad to the Bronze é uma excelente sombra pra quem quer algo neutro para o dia-a-dia e ao mesmo tempo que dure bastante.





Reforço no post que acho o produto excelente em vários aspectos: o preço (não cheguei a pagar nem R$15), a embalagem, pigmentação, duração, é mais fácil de esfumar, variedade de cores, além de servir como primer ou base para sombras quanto como uma sombra sozinha.


Infelizmente essa sombra não vende no Brasil, mas quem quiser pode comprar no eBay ou na Feel Unique (nesta, a cor é a "On and on Bronze).


(vou repetir quase os mesmo prós e contras do outro post)


Prós:

• Uma boa alternativa para quem busca um primer de sombras/base de sombras ou até mesmo uma sombra cremosa por um valor acessível;
• A variedade de cores oferecidas;
• A sombra realmente cumpre o que promete, não acumulando ou perdendo a cor ao longo do dia.

Contra:

• Infelizmente não vende no Brasil (mas vende online em lojas internacionais).

Volto a dar cinco corações porque a Color Tattoo não me desaponta de jeito nenhum.



♥♥♥♥♥

quinta-feira, 6 de junho de 2013

Produtos que me arrependi de ter comprado #01

Já faz algum tempo que estava pensando em quais produtos ouvimos muito falar e quando compramos terminamos deixando de lado por algum motivo, é o tal do "products not worth the hype". Coloquei o título no plural porque quero fazer mais ou menos como uma tag e continuar atualizando.

Hoje eu decidi começar com um produto da M.A.C. que vejo várias pessoas comentando: o fluidline!





Quando eu comprei o fluidline usava muito delineador e não tinha ainda muita prática, de tanto que li/ouvi falar no delineador em gel, decidi comprar.


Terminei comprando na cor "Blitz & Glitz" porque não tinha o "Blacktrack" - que é o preto matte. O "Blitz & Glitz" é um preto com pequenas partículas de brilhos dourados. Apesar da descrição da cor, ele até que é meio discreto. 


Por que eu me arrependi? Pouco tempo depois chegou no mercado brasileiro um monte de opções de delineadores em gel. Preferi não comprar nenhum até porque tinha deixado o meu totalmente de lado. Recentemente adquiri uma daquelas canetinhas delineadoras e achei muito melhor que o delineador em gel!


Outro ponto foi que não achei que esse fluidline durasse tanto assim na pálpebra. Tenho outro delineador - porém líquido - da Mary Kay e a duração foi bem mais satisfatória.


Não acho necessário comprar o delineador em gel fluidline da M.A.C., como já disse acima, o mercado nacional está oferecendo várias opções por um preço melhor e existem outras opções de delineador (como o em caneta, que já falei) que é mais fácil para quem não tem prática no uso do dito cujo.

terça-feira, 4 de junho de 2013

Resenha: Gel creme hidratante facial FPS 12 Capricho, O Boticário

Essa resenha vai ser um pouco fora dos padrões do blog porque eu não sou boa para resenhar esse tipo de produto.

Comprei esse produto há um tempinho, dois ou três meses em uma loja d'O Boticário que tem aqui perto de casa, é onde geralmente compro os presentes de aniversário ou coisas para mim mesma, as funcionárias já me conhecem e eu sempre ganho amostrinhas - descobri que o shampoo para cabelos cacheados da marca é excelente.


De qualquer forma vou tentar fazer uma resenha mais rápida só com as minhas impressões do produto.




Estava em busca de um hidratante bom para pele oleosa, com a textura mais em gel, que secasse rápido e se possível tivesse um pouco de FPS. Sabia que tinha um de outra linha do Boticário e era ele que eu pensava em comprar, mas achei a textura pesada e a moça que trabalha lá me apresentou este (e na época que comprei, toda a linha estava em promoção, acho que paguei menos de R$20). Ele custa R$25 pelo que vi no site.

O hidratante é realmente entre o gel e o creme. Espalha bem, rende bastante e seca rápido! Às vezes eu gosto de fazer misturinha dele com a base ou o BB Cream, outras vezes uso sozinho mesmo, antes do protetor solar.


Na descrição do produto afirma que o hidratante ajuda a deixar os poros menos visíveis, quanto a este item, eu não senti diferença nenhuma.


No "modo de uso" diz para usá-lo pela manhã e à noite, mas eu uso um monte de pomadas a noite no rosto e termino usando-o só pela manhã mesmo.


Já havia testado outros hidratantes como o Normaderm da Vichy (que também gosto muito, mas é caro e não tem FPS), mas achei esse da linha Capricho muito bom mesmo.


Se depender de mim, compro outro assim que este acabar!

segunda-feira, 3 de junho de 2013

Favoritos (ou mais usados) de maio ♥

No mês de maio fiz muitas novas aquisições, mas continuei fazendo um rodizio de maquiagens, logo, tentei não repetir muito os produtos, porque é necessário revezar para usar tudo o que tenho. De quê adianta ter várias bases se só usar uma?




Os produtos que mais usei mesmo foram esses da foto!


1. Corretivo Even Better, Clinique: recentemente fiz uma resenha desse corretivo que às vezes eu uso como corretor - mas ultimamente tenho usado bem mais como corretivo sozinho - está linkado aqui;


2. Corretivo iluminador Touche Magique, L'Oréal: usei bastante no começo e no meio do mês, mas no final deixei um pouco de lado por causa da pressa do dia-a-dia e porque esquentou bastante por aqui. Para ler a resenha dele, é só clicar aqui;


3. Blush "Mauve", Nyx: redescobri esse blush no meio do rodízio! A cor dele é maravilhosa, é um blush neutro tipo o Douceur da NARS, porém mais rosado. Não tem resenha dele, mas tem um swatch dele nesse post aqui;


4. Lip balm Baby Lips "Grape Vine", Maybelline: no quesito lábios eu andei bem relaxada esse mês, basicamente só usei hidratante labial com cor ou gloss de vez em quando. Esse eu comprei na viagem e usei muito mesmo! Ele tem uma cor roxa bem clara, dá pra notar só um pouco. Gosto muito desse produto da Maybelline, tenho esse e um mais avermelhado.


Espero que vocês tenham gostado! Aproveito para pedir desculpas na demora de postar, mas o feriado foi corrido. Em breve volto com mais resenhas.