segunda-feira, 22 de julho de 2013

Pequenas resenhas e algumas questões sobre sombras cremosas

Já faz um tempinho que eu penso em fazer um post desse tipo aqui no blog, parece que hoje é o dia.

Quem segue o blog há um tempinho, sabe que eu gosto muito de sombras cremosas e tenho algumas de marcas diferentes. Então, vou tentar fazer uma breve resenhas sobre as sombras, começando com os paint pots.



Deu pra notar que só depois de ter colocado o nome do blog eu decidi fazer a colagem, oops

Tenho três cores Paint Pots: Bare Study (bege suave com brilhos dourados), Painterly (bege nude) e Groundwork (taupe). Peguei as descrições das cores no site da M.A.C. já que eu sou péssima para descrever cor.


Em relação a preço, os paint pots são as sombras cremosas mais caras que eu tenho. Comprei uma no Brasil, outra quando viajei e a última, Painterly, foi um presente. Nos EUA custam US$18,50 + impostos da cidade que você está e no Brasil R$89.


Geralmente eu uso o Bare Study quando quero algo discreto porém iluminado ou como base para sombras quando quero uma maquiagem mais iluminada. O Groundwork também uso sozinho em dias de preguiça e quando quero algo simples ou como base de sombras para maquiagens mais marrons. Já o Painterly, como eu já disse nesse post, uso como um primer e para "anular" a cor marrom das minhas pálpebras.


A textura dos paint pots é mais a de um creme e vale dizer que eu não tenho problemas para esfumar a sombra em cima deles ou eles sozinhos.


A duração dessas sombras é inquestionável, nunca tive problemas de acúmulo ou de perder a cor. A pigmentação delas também é excelente. Serve perfeitamente como primer de sombras - o único problema que já tive foram com as sombras da quem disse, berenice? que só segura legal com uma camada de Primer Potion da Urban Decay + uma camada leve de paint pot.



Assim como os Paint Pots, tenho três cores de Color Tattoos: a Pomegranate Punk (um marrom mais avermelhado com shimmer meio prateado), Bad to the Bronze (como já diz o título é um bronze) e Audacious Asphalt (chumbo com brilho prateado).


As Color Tattoos são as mais baratas que tenho. Comprei uma com a Duda Gaia, quando ela veio pra cá e as outras duas quando viajei para Santiago. Acredito que nos EUA elas custam uns US$6. Na feelunique você pode comprar por US$8,23 (e o frete é grátis). Se você quiser, tem várias lojinhas de moças que moram nos EUA e revendem os produtos, mas como nunca comprei em nenhuma, não sei qual recomendar.


Por incrível que pareça não uso as Color Tattoos tanto quanto eu gostaria, apesar delas serem super fáceis de usar. A que eu mais uso no dia-a-dia é a Bad to the Bronze, a mais neutra de todas.


Já fiz várias maquiagens com a Pomegranate Punk, tanto como base de sombras, quanto usando-a sozinha (exemplo aqui). O mesmo com a Audacious Asphalt, que por sinal, me surpreendi que ela é razoavelmente neutra sozinha. A Bad to the Bronze eu gosto de usar sozinha, mas também dá pra usar como base de sombras.


Não tenho nenhum problema com a duração ou a pigmentação dessas sombras. A promessa da Maybelline é que elas duram 24h na pálpebra (e eu não duvido, porque elas grudam mesmo). A textura é mais de um gel e eu senti que com o tempo, elas ressecaram um pouco. Quando elas estão novinhas é mais fácil para esfumar, já quando elas ressecam, é um pouco mais difícil (mas não é impossível).




Essa sombra cremosa é da marca Catrice. Se eu não me engano, é uma marca bem famosa na Alemanha, mas por sorte eu consegui comprar no Chile. A cor dela é meio mutante mas é bem bonita: é um marrom/taupe que tem um brilhos dourados. É bem bonita mesmo e dá pra usar tranquilamente no dia-a-dia porque é bem neutra, apesar do shimmer. A cor dela é Lord of the Blings. Tem resenha dela aqui.

Ela custou uns R$20, talvez um pouco menos. Infelizmente eu não sei quanto ela custa na Alemanha. Sei que tem uma moça, a Drika Mateus, que vende Catrice e envia pro Brasil, mas nunca comprei com ela.


A textura dela é a mais diferente das que eu tenho. A consistência lembra aquelas sombras cremosas da Chanel (que por sinal, consegui testar! As cores e os brilhos são lindos, mas me decepcionou na duração). Ela fica entre o meio termo do gel e do creme, mas ela é bem fácil de aplicar, espalhar e esfumar, dá pra fazer isso facilmente com os dedos.
Também não tive problemas com a pigmentação ou duração. É excelente. Não craquela ou acumula. Além de servir como base de sombras e dá pra usar sozinha.


Espero que esse post tenha servido para esclarecer algumas dúvidas. Não me arrependi de ter comprado nenhuma dessas sombras, gosto de todas e sempre tento usá-las. Algumas eu comprei com propósitos diferentes (como a Painterly da M.A.C.). Se você quiser um produto que seja multiuso, eu acho uma boa ideia e recomendo. Caso você tenha preguiça de usar sombras no dia-a-dia e quer algo mais prático, também recomendo as sombras cremosas.


Qual eu acho a melhor?

Eu gosto de todas, como já disse. Mas eu uso mais as da M.A.C.

Qual a que tem melhor custo benefício?

Acredito que seja a da Maybelline.

Qual a que seca mais rápido?

Infelizmente, acho que a da Maybelline.

Qual vem mais produto?

M.A.C. e Catrice (ambas tem 5g)

Qual a que tem mais cores sem brilho?

Acredito que a M.A.C. tenha mais opções nesse quesito, apesar da Maybelline ter a Tough as Taupe.