sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Favoritos (ou mais usados) de agosto ♥

Desapareci, mas voltei!

Estou de "férias" da universidade, apenas duas semanas, então, segunda-feira a minha rotina já volta ao normal. 


Outra coisa é que eu não ando tão animada e empolgada para fazer resenhas como antes, não tem uma causa específica, acho que estou cansada, só isso e espero voltar em breve pra fazer.


Sem mais delongas ou firulas, esses foram os meus favoritos do mês de agosto:




Não lembro muito bem o que eu usei no comecinho de agosto, já que eu estava na correria do fim de semestre (provavelmente eu não usava nada).


1. Smoked Palette, Urban Decay: ganhei de presente do namorado ♥. Por incrível que pareça tenho usado as sombras mais chamativas da palette - como a Rockstar, Evidence, Loaded e Asphalt - dos que as neutras. As sombras são maravilhosas! São macias, bem pigmentadas, duram muito bem e são ótimas pra esfumar. Essa foi uma das maquiagens que fiz com essa palette;


2. Base Healthy Mix, Bourjois: apesar de não ter uma base favorita, eu considero a Healthy Mix uma das melhores que eu tenho. Ela é bem hidratante, cobre e dura bem no meu rosto e deixa a pele com um glow bem natural. Quando eu a uso no calor e não quero muito glow, misturo com um matificante (geralmente é um da L'Occitane, de arroz, que foi descontinuado). Já quando eu uso no frio e no clima mais seco, eu uso sozinha ou quando quero uma cobertura bem leve misturava com o hidratante em gel da Capricho. Tem resenha dela aqui;


3. Corretivo líquido, Tracta: acho que essa já é a segunda vez que ele entra nos favoritos. Engraçado que aqui ele demora um pouco pra secar, já em Curitiba, por conta do clima, ele secou super rápido! Continuo neglicenciando os meus outros corretivos por culpa dele. Tem resenha aqui;


4. Batom Vermelhão, quem disse, berenice?: este foi uma aquisição recente e sinceramente, acho que esse era o batom que faltava na minha coleção de vermelhos. O Vermelhão, ao contrário do nome, é de acabamento lustre, ou seja, quase transparente. É o batom vermelho perfeito pro dia-a-dia de quem é apaixonada pela cor ou é o batom ideal pra quem tem medo de usar vermelho;



5. Lápis sobrancelha cor "castanhel", quem disse, berenice?: outra compra recente. Estou adorando! É bem macio, a cor é bem próxima a da minha sobrancelha e esfuma fácil com a escovinha que vem acoplada no produto. Geralmente eu uso quando estou mais apressada;

6. Primer de olhos Eyeshadow Primer Potion "Eden", Urban Decay: preciso repetir o quanto eu adoro esse primer? Além de fazer a sombra durar muito, a cor dele ajuda a "anular" o marrom da minha pálpebra (como eu já disse um milhão de vezes);


7. Hidratante Nivea Creme: geralmente eu não coloco esse tipo de produto nos meus favoritos, mas o Nivea creme simplesmente merece estar aqui já que salvou minha pele no clima seco de Curitiba. E sim, eu usava no rosto. Apesar da minha pele ser oleosa aqui no Nordeste, se eu vou para algum lugar mais seco ou frio, ela logo seca e começa a despelar, enfim, horrível. Antes de ir, separei esse creme Nivea nas coisas e levei. Foi o que salvou!


Espero que vocês gostem dos meus favoritos desse mês. Vocês tem algum desses produtos que citei? E quais foram os favoritos de agosto de vocês?

terça-feira, 20 de agosto de 2013

Resenha: corretivo Yellow, Mary Kay

Antes de começar esse post, eu gostaria de avisar duas coisinhas:

1) O post não hoje não terá muitas fotos porque o produto foi uma amostra;

2) Enquanto vocês leem este post, eu provavelmente vou estar de férias de tudo e estarei visitando a minha família em Curitiba. Portanto, se eu demorar para aprovar e responder os comentários, vocês já sabem.

Ganhei uma amostrinha desse corretivo da mesma moça que eu comprei um monte de coisas da Mary Kay no mês passado, com a Lilian (se vocês quiserem, depois eu passo o contato dela). Fiquei super empolgada porque só via reviews boas sobre ele.


A amostrinha que eu ganhei só tem 0,55g, apesar desse pouquinho ela rende bastante, dá umas cinco aplicações, acho. A embalagem mesmo, aquilo que a gente chama de full size tem 8,5g. Pelo que vi é uma bisnaga com bico dosador. Parece ser uma boa embalagem do tipo que não desperdiça.


Esse corretivo tem sete tonalidades (ivory 1 e 2, beige 1 e 2, bronze 1 e 2 e yellow) e eu ganhei no tom Yellow, que serve justamente pra anular o marronzinho das olheiras.


O meu primeiro medo com essa cor foi que quando eu cobrisse com o produto, as olheiras ficassem numa cor amarelo-icterícia, mas por incrível que pareça não ficou (mais abaixo vocês verão as fotos).


A textura dele é bem cremosinha, não marca as linhas finas, não resseca a área dos olhos e cobre razoavelmente bem! Dizem que esse corretivo deve ser usado antes da base porque anula a cor da olheira, daí quando aplica a base, ela deixa a cor da pele uniforme. Mas quando eu passei a base, tirou boa parte do corretivo. 


Geralmente, eu aplico esse tipo de corretivo com os dedos, com batidinhas suaves.


Depois de alguns segundos após a aplicação, ele aparenta já estar sequinho. O acabamento não fica acetinado, mas de qualquer forma, eu prefiro finalizar com um pó pra fixá-lo mais. Também decidi usá-lo depois da base, achei o resultado final melhor.



Sobrancelhas rebeldes como sempre

Em dias de olheiras severas, eu senti necessidade de aplicar outro corretivo por cima.


A duração dele é razoavelmente boa: não dura um dia inteiro, mas aguenta umas quatro horas e depois começa a sumir.


Prós:

Sete opções de tons;
• Para o preço de corretivos nacionais, ele fica na média - não tão caro quanto Natura, Contém 1g e linha MakeB do Boticário, mas não tão barato quanto Vult, Koloss e Dailus;
• Não resseca;
• Cobertura razoável (vamos dizer que a cobertura é média).


Contra:

• Não funcionou muito bem para ser aplicado antes da base, já que ele sumiu um pouco;
• Em caso de olheiras severas, sozinho ele não dá conta do recado.

Decidi dar quatro corações porque eu achei uma opção boa, acessível e de qualidade para um corretivo cremoso/líquido colorido.



♥♥♥♥

quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Top 5 batons

Há um tempo atrás eu fiz dois posts "top 5", um foi de sombras e o outro foi de blushes. Gostei de fazer esse tipo de post e esses dias estava pensando em fazer um top 5 de batons - que é um assunto que eu não comento muito no blog, já perceberam?

Antes eu tenho que dizer que os acabamentos que eu gosto são bem extremos um do outro: para o dia-a-dia, eu geralmente uso algo mais translúcido e hidratante, tipo o acabamento Lustre da M.A.C. Outro acabamento que eu adoro é o matte! Também gosto muito do acabamento Satin, que é um meio-termo entre o matte e o cremoso.


Outra coisa que eu notei sobre os meus gostos foi que de um tempo pra cá eu tenho optado por batons mais avermelhados. Antes, eu gostava muito de batom nude, hoje em dia eu não uso tanto quanto antes.





E assim vocês descobrem que a "técnica" que eu uso para fotografar os produtos é colocar uma folha em branco por baixo deles, hahaha

1) Batom True Dimensions "Rosette", Mary Kay: quem leu o post de favoritos do mês de julho viu que ele marcou presença por lá. Quando eu escolhi esse batom, não achava que ia gostar tanto. Ele é hidratante, tem uma boa duração e é muito confortável nos lábios. Adorei a cor porque não é um rosa aberto, é mais fechado e tem um toque leve de vermelho. O preço também não é muito agradável, quase R$50;


2) Colorburst Lip Butter "Sugar Plum", Revlon: essa é a segunda lipbutter que eu comprei, a primeira foi a Candy Apple que acabou em poucos meses porque eu não usava outro batom além dela. Eu sou muito fã desses batons, adoro a fórmula e as cores. Eles são mais translúcidos que o True Dimensions mas são mais hidratantes e tem mais variedade de cores. A cor do "Sugar Plum" é um roxinho bem claro e discreto, é perfeito pra quem tem medo de cores mais fortes e não quer ousar muito. Outra coisa a respeito das lipbutters é que aplicando duas ou três camadas, a cor fica mais forte. Também gosto da duração deles, fica entre duas ou três horas nos meus lábios - lembrando que batons hidratantes não duram tanto quanto outros batons por causa da fórmula. Eles custam entre R$30 e R$35;


3) Batom "Russian Red", M.A.C.: esse é o meu batom vermelho favorito, não tem jeito. Nunca testei o tal do Ruby Woo, mas por ele ser muito seco, eu tenho receio. O Russian Red é matte na medida certa, consigo aplicar sem pincel, assim que borro posso consertar, esse tipo de coisa. É o meu xodó! Eu posso passar várias horas com ele nos lábios e não sai! Quando eu como, ele começa a sair, mas ainda ficam vestígios nos lábios. No Brasil, ele custa R$66, mas esse eu comprei quando viajei e passei no duty free. Na época custou US$18, agora custa US$20;


4) Batom mate alta cobertura "Savana Mate", Contém 1g: de uns tempos pra cá, eu coloquei na minha cabeça que precisava de um batom escuro, bem fechado, meio vinho. Quando comprei esse, os batons da M.A.C. ainda custavam R$79 e eu não queria pagar isso pelo Diva. Terminei comprando o Savana Mate por R$43 e não me arrependo! A cor é maravilhosa, a duração é excelente (dura umas 4 horas tranquilamente) e ele não é tão matte quando eu aplico, mas depois fica bem sequinho. As únicas coisas que eu não gosto são o cheiro e a embalagem preta emborrachada porque suja com facilidade (vejam a foto lá em cima e vocês entenderão);


5) Batom "Hue", M.A.C.: esse foi o meu primeiro batom da M.A.C., da época que eu gostava muito de nude. O acabamento é translúcido e estranhamente ele marca muito as linhas dos meus lábios (único ponto que não gosto). A cor dele não é total "apaga a boca" porque ele tem um fundo meio rosado ou pêssego. A duração é igual as demais dos outros acabamentos, dura umas duas horas e depois começa a perder a cor.



1) Rosette, Mary Kay; 2) Sugar Plum, Revlon; 3) Russian Red, M.A.C.; 4) Savana Mate, Contém 1g; 5) Hue, M.A.C.
Quais são os cinco batons favoritos de vocês? Me contem nos comentários!

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Comparação de taupes: Tapestry Taupe (Cover Girl), Granite (Mary Kay) e Cinsolente (quem disse, berenice?)

Dando uma olhada nas sombras que tenho, percebi que tenho três taupes que achei as cores parecidas na embalagem, pensando nisso, decidi fazer um post comparativo:



As sombras escolhidas foram: (1) Tapestry Taupe da Cover Girl, (2) Granite da Mary Kay e (3) Cinsolente da quem disse, berenice?



A Tapestry Taupe (1) é uma queridinha dos blogs de maquiagem. É uma sombra barata (lembro que comprei a minha por uns US$4 + frete no ebay) e com excelente duração na pálpebra. Infelizmente não tem Cover Girl pra vender no Brasil (mas dá pra comprar com aquelas moças que moram fora ou que viajam sempre, acho). Como já comentei no post de top 5 de sombras, a textura dela é estranha, ela não é uma sombra muito macia, é meio durinha, mas é tranquila pra passar pro pincel, não esfarela e esfuma bem. Ela é meio translúcida, mas dá pra construir camadas com ela. O shimmer é prateado. A cor dela fica entre o cinza e o marrom, é bem discreta para o dia-a-dia.


A Granite (2) tem um tom com um pé quase que no chocolate. É uma sombra linda! Das nacionais, acho o preço dela bem justo (R$21). Diferente das sombras mattes da Mary Kay, a textura da Granite é um pouco mais "pózenta" (existe essa palavra? Enfim, acho que vocês entenderam o que eu quero dizer), mas não chega a esfarelar. Acho a Granite a versão mais chocolate e dramática da Tapestry Taupe. O brilhinho é bem fino e prateado também. A pigmentação é excelente, nada translúcida.


Nem sei se a Cinsolente (3) deveria estar nesse post comparativo, mas decidi deixar porque a cor dela é meio indefinida mesmo, aquela cor de rato. Ela é mais puxada pro cinza com algum pouquinho de dourado, é tão diferente que eu nem sei dizer! É uma cor bonita, diferente e básica. Só não gosto da fixação das sombras da quem disse, berenice? que só não acumula se eu usar um primer bem potente como o primer potion.


Qual das três vocês mais gostaram? Vocês tem alguma delas? Me conta nos comentários!

quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Resenha: corretivo líquido, Tracta

Terminei apressando essa resenha porque a Anninha ontem pediu, então aqui está!

Depois do Select Moisturecover, me prometi que não comprava mais corretivo líquido, mas terminei me rendendo por esse da Tracta porque coloquei na minha cabeça que precisava de um corretivo líquido mais hidratante.


A Tracta oferece duas versões de corretivo líquido: uma é essa que eu vou resenhar, a "tradicional" e a outra é uma versão com Ômega 3. Nunca testei a versão com Ômega 3, mas já li algumas resenhas que essa tradicional é melhor.




A embalagem é tipo gloss: um tubinho de plástico e um aplicador de esponjinha. Acho que esse é o melhor tipo de embalagem pra corretivo - às vezes, com a embalagem bisnaga, eu não tenho controle do produto que sai. Vem 7g de produto.


Se eu não me engano a Tracta oferece três cores - acho que é "claro", "médio" e "escuro" - e a minha é a "claro".


A textura é mais cremosa do que líquida, tem mais consistência. Apesar dele se dizer hidratante, ela não é uma hidratação muito potente, então para quem tem a área dos olhos mais ressecada e se interessar por esse produto, eu sugiro passar um creme bem levinho antes de aplicá-lo. Em mim ele não craquelou e a hidratação não foi potente, mas quando eu o uso, não preciso aplicar nenhum hidratante por baixo - como eu geralmente faço com os corretivos pastosos.


Acho bem fácil de aplicar: passo um pouco e vou dando batidinhas com o dedo anelar. Aplicando com o dedo saiu melhor do que aplicando com o flat top kabuki, porque senti que o último tirava muito produto. Não sinto que ele seca muito rápido, demora alguns minutinhos. Outra coisa é que o acabamento fica acetinado, então eu sempre finalizo com pó.


Outra coisa que eu gostei foi do cheiro, mas eu geralmente sou estranha com relação a isso: assim que você abre o corretivo e aproxima ele do rosto já dá pra sentir. O engraçado é que eu não sei dizer de que é esse cheiro, mas é bem comum em alguns corretivos (por sinal, lembra ao cheiro do Concealer in a Jar da Nyx). Quem não gosta de produtos com cheiro meio que típico de maquiagem, eu sugiro testar na loja antes.



1. Sem nada; 2. Só com base (usei a TimeWise Matte da Mary Kay); 3. Com corretivo
Achei a cobertura muito boa, cobriu bem as minhas olheiras normais, mas em dias que eu dormi pouco e que as olheiras atacam com vontade, ele sozinho não é 100% eficaz, daí eu uso o Stay Don't Stray ou passo uma camada leve de algum corretivo pastoso, como o Even Better da Clinique. Mas no geral, se você tiver olheiras leves ou medianas, esse corretivo é uma boa opção.

Outra coisa que achei bem legal foi a durabilidade dele: ele ficou por uns seis horas na minha pele. Depois dessas seis, ele começou a "derreter" ou perder a cor, mas geralmente são poucos os corretivos líquidos que duram tudo isso em mim (o único líquido que eu tenho que dura várias horas é o Pro-Longwear da M.A.C.).


O preço é amigo: eu paguei uns R$26 na Renner. A nível de corretivo nacional, acho que o preço tá na média.


Se eu pudesse fazer uma comparação com os demais corretivos que eu já usei, eu diria que o da Tracta tem a textura mais cremosa que o Select Moisturecover porém não hidrata tanto quanto ele, mas também não resseca como o Pro-Longwear mas cobre tão bem quanto este.


Eu decidi dar cinco corações porque achei ele o meio termo dos corretivos no quesito de hidratação, cobertura e durabilidade.



♥♥♥♥♥

Antes que vocês estranhem, eu vou deixar esse post sem os prós e os contras. Gostaria de saber a opinião de vocês sobre isso: vocês acham legal ou não faz diferença na resenha, já que essa parte é mais ou menos um resumão?