segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Resenha: paleta Naked 3, Urban Decay

Não sei exatamente o porquê do adiamento dessa resenha (na verdade, posso até tentar justificar por falta de tempo), mas agora que a Naked 3 finalmente chegou ao Brasil, acho que não posso mais adiar.

A Naked 3, como já diz o nome é a terceira da família de paletas de sombras "Naked" da Urban Decay. A premissa da linha é de fazer sombras nudes, cor de pele. A fama da primeira paleta foi tanta que o negócio virou uma linha com direito a BB Cream, trio de blush/contorno/iluminador, paleta apenas seis sombras (como a Naked2 Basics) e mais outras coisinhas. Ou seja, o negócio é do pipoco, rs.

A ideia da primeira paleta Naked é de tons nudes, mais quentes. A da Naked 2 já são tons mais taupes, acinzentados e frios. Já a terceira são tons mais rosados.




Logo quando lançaram a Naked 3, lembro até de ter comentado na fanpage do blog que não tinha achado esses balaios todos. Mas com o tempo, quando começaram a surgir mais swatches, mais fotos dela, mais tutoriais com ela... Nossa, não resisti e me rendi. Achei linda. Não tinha nada parecido com ela.

A embalagem da Naked 3 é um estojo resistente. Parece ser feito de plástico ou tipo lata, meio metal, infelizmente não sei dizer. Vem 12 sombras de 1,3g e um pincel duplo: um lado para aplicar a sombra e o outro para esfumar.




Acho que nem preciso me ater muito a qualidade das sombras: são excelentes, macias, tem boa pigmentação e esfumam bem.

Como vocês sabem, as paletas Naked sempre começam da sombra mais clara e vai até a mais escura, então vamos lá...  (ah, traduzi a maioria das cores do site da Urban Decay já que sou péssima dando pitaco e dizendo qual cor é qual)



Strange: bege com fundo rosado com acabamento entre o matte e o acetinado, gosto muito de usá-la no arco das sobrancelhas;

Dust: rosa claro metálico com brilhos e micro-glitter, acho sensacional para o canto interno numa maquiagem mais elaborada, mas também uso tranquilo no dia-a-dia, já que apesar de ser bem iluminada, é clarinha;

Burnout: pêssego rosado claro com acabamento acetinado. Já usei muito na pálpebra toda ou só na metade da pálpebra pra depois usar um tom mais escuro;

Limit: taupe claro rosado matte, acho maravilhoso usá-lo no côncavo ou na pálpebra inteira quando quero um esfumadinho opaco;

Buzz: rosa métalico com brilhinhos prateados. Pela descrição parece brega, mas não é. Sombra linda pra ser usada na pálpebra inteira ou fazer um degradê utilizando-a no começo e finalizando com uma sombra preta;

Trick: dourado rosado com acabamento metálico, achei uma cor linda, bem rica e sofisticada. Dá pra usar igual a Buzz - ou fazer um esfumado com a Buzz e a Trick, fica lindo;

Nooner: taupe mais escuro com fundo rosado matte, adoro usar no côncavo ou na pálpebra inteira quando só quero uma corzinha. Acho que é uma das sombras que mais uso na paleta;

Liar: malva metálico com brilhos. Definitivamente essa é a minha sombra favorita da paleta. Ela é linda, chique e classuda. Já fiz esfumados mil com ela: já usei na pálpebra toda, no comecinho, no final, no côncavo. A partir da Liar que iniciam os tons mais acinzentados/taupes/marrons com fundo mais rosado/avermelhado/arroxeado da paleta;

Factory: marrom rosado acetinado. Olhando na paleta, é uma das sombras que você olha e pensa que já tem algo parecido (e realmente pode ter), mas é a típica sombra que combina com tudo e que é neutra;

Mugshot: taupe metálico com brilho levemente rosado. Nem preciso dizer que fiz a festa com essa parte mais taupe da paleta, né? Também acho que nem preciso dar sugestões de uso para essa lindeza;

Darkside: malva meio taupe escuro acetinado. Linda, linda, linda. Gosto muito de usá-la sozinha na pálpebra inteira, esfumando os cantos e com o canto interno iluminado. Se quero caprichar mais, passo um pouco de lápis marrom como se fosse delineador e esfumo;

Blackheart: preto matte com micro partículas de brilhos avermelhados. Com certeza é a sombra "festiva" e para maquiagens mais noturnas, escuras e marcadas. Gostei muito de usá-la como um "delineador" esfumadinho e no canto externo. Também usei na pálpebra toda e ficou lindo.

A foto dos swatches ficou bem podrinha porque tenho dificuldade em fazer foto de amostra com várias sombras, mas no Google Imagens vocês vão encontrar outras amostras melhores. A ideia mesmo do post era dar a minha opinião sobre a paleta.

Se é boa? Sim, uma excelente paleta, lindíssima e perfeita para o dia-a-dia e para maquiagens elaboradas para a noite. Achei uma paleta bem democrática, combina com as peles mais clarinhas e com as mais escuras, independente do subtom. Sei que é cara, mas acho que é um bom investimento. Acho que com uma só paleta da linha Naked, uma pessoa fica satisfeita e dá pra fazer várias opções de looks. Imagino que algumas pessoas vão virar a cara por ser uma paleta mais "rosada", afinal de contas, eu também fiz isso, mas depois de ver os inúmeros tutoriais, não resisti.

Prós:
Ótima opção de paleta para tons neutros;
Seleção de cores bem interessante, focado no tom rosa;
Qualidade impecável para as sombras.

Contra:
Alto custo.

Sei que atualmente as marcas nacionais andam investindo bastante em sombras e paletas, mas acho que as da Urban Decay, principalmente as da linha Naked, viraram quase uma lenda. Se você tem o investimento $ e gosta de maquiagem, acho que é justo investir em uma (ou quantas você quiser), afinal de contas, é uma paleta neutra que dá pra usar diariamente. Por isso dou cinco corações.


♥ ♥ ♥ ♥ ♥