sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Favoritos do ano: produtos para rosto e corpo

Ano passado não teve, mas esse ano tem favoritos!

Diferente das outras vezes que fiz, dessa vez vou dividir o post em três partes, ou melhor, o que seria um post, eu vou dividir em três. Comentei sobre isso lá na fanpage do blog no Facebook, se você não curtiu lá é só clicar aqui.

Esse post é só sobre os meus favoritos de 2015 para o corpo e o rosto.



Juro que não tô fazendo jabá pra Natura, mas esse ano tive mais contato com desde que conheci uma pessoa que vende produtos da marca pelo catálogo e também conheci o Rede Natura (às vezes tem umas promoções bem boas por lá). Terminei o hidratante de jasmim ainda com a embalagem antiga e comprei esses dois: o de cereja e avelã é uma edição de inverno enquanto o de framboesa e pimenta rosa é uma edição de primavera. Ambos tem um cheirinho que eu gosto muito, bem propício a cada estação que foi lançado. Além disso, sinto que eles hidratam bem sem ficar tudo melecado.

O sabonete líquido mousse de avelã e romã é bem cremoso, diferente daqueles que a gente compra em supermercado. Também é muito cheiroso, faz uma boa quantidade de espuma e fixa suavemente na pele. Ando amando tomar banho a noite com esponja e sabonete líquido, sinto que relaxo do dia-a-dia estressante.

Esse foi o segundo hidratante para as mãos dessa linha Ekos que já testei, o primeiro que usei foi o de castanha, mas prefiro esse de ucuuba porque ele é mais hidratante, bem sequinho e o cheiro dele não é forte. Comprei ele numa promoção assim que lançaram.


O Cicaplast já é um favorito antigo: me ajudou com a dermatite e sempre que tenho alguma alergia na pele termino usando. 

Esse creminho para os olhos de vitamina E da The Body Shop comprei lá pra maio desse ano depois que me vi sem nenhum hidratante para a região dos olhos. Ele me surpreendeu porque além de hidratar bem, senti que amenizou um pouquinho as minhas olheiras.

Outros favoritos antigos são esses três da linha Clearskin da Avon - o tônico, esfoliante e sabonete líquido. Já usei vários até o final e continuo comprando. Eles funcionam muito bem na minha pele (que atualmente anda bem) oleosa e acho o melhor no sentido custo x benefício.

O hidratante Morning Energy da Clean&Clear também foi uma novidade pra mim esse ano. Depois de tanto que as minhas amigas da internet falarem, eu terminei comprando e gostando bastante. Ele é um excelente hidratante facial para o verão, seca rápido, deixa uma sensação (breve) de frescor e a pele ligeiramente iluminada sem deixar oleosa. Além disso, é bem em conta.



Esse ano eu pirei legal nos perfumes, decididamente eu sou uma pessoa que gosta de perfume cítricos, florais brancos ou amadeirados suaves.

Usei muito o Pink Friday da Nicki Minaj (acho que deixei ele em Recife, por isso que ele não está na foto) e o Daisy durante os dias mais quentes. O Pink Friday é maravilhoso e tem uma coisa frutal bem suave. Já o Daisy é um floral branco muito, muito gostoso, mas sinto que ele não dura bem na minha pele. O Coffee é mais amadeirado e apesar de ser masculino, é um perfume que eu amo usar em dias mais amenos ou chuvosos, é um perfume que eu dou preferência para usá-lo no inverno.

O J'Adore foi um perfume que eu paguei a língua. Antes eu virava a cara pra ele talvez por achar muito "hypado". É um perfume que é muito floral branco, muito jasmim, do jeito que eu gosto. Perfeito pra usar nas noites de verão e fixa bem na minha pele, deixando aquele cheiro bem gostoso e fresco.

Agora me conta o que você achou dessa primeira parte dos favoritos e quais são os seus favoritos de corpo e rosto!

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Breves comentários sobre o rímel "Maximize Your Lashes", Eudora

Há um tempo atrás me bateu uma certa aflição porque meu rímel Colossal, que eu já acabei quatro tubos, estava no fim, logo, precisava de um novo rímel depressa. Como onde estou morando agora tem uma loja física da Eudora, terminei comprando o tão famoso "Maximize Your Lashes".

A embalagem é bem prática, bonitinha e de plástico. O aplicador é fininho, de silicone e cheio de dentinhos que ajudam a dar um volume bacana. Custou R$28 (foi R$27,99, mas a moça não me deu R$0,01 de troco ¯\_(ツ)_/¯)



O fato foi que eu fiquei animadíssima com esse rímel. E me decepcionei. O efeito dele é ótimo: ele alonga, pinta bem os cílios e dá um volume incrível.

Sem rímel | Com uma camada de rímel
Mas, vamos para os problemas: tenho rinite alérgica forte, terrível, do tipo que se eu sentir alguma poeira no ar começo a espirrar e lacrimejar. Não sei de onde tiraram que esse rímel era resistente, mas ele *não é resistente*. Ele não resistiu quando lacrimejei, não resistiu quando eu cocei e não resistiu a dias quentes - e não fiz tudo isso num dia só, cada um foi uma experiência separada. No primeiro dia de teste, quando estava indo a universidade tive que ir caminhando até o bloco onde estudo, são uns 20 minutos de caminhada de onde moro e o dia estava quente, quando cheguei no departamento já parecia um panda porque todo o rímel tinha saído e estava tudo borrado. 

Outra coisa me deixou frustrada foi que ele endureceu muito rápido. É legal quando um rímel já vem no ponto pra ser usado, mas se ele seca muito rápido aí complica para usar.

Infelizmente, não deu. Comprei com muita expectativa e me frustrei. Só dou outra chance pra ele se lançarem uma versão a prova d'água. Enquanto isso só uso se limpar bem aplicador e colocar numa fórmula que seja a prova d'água.

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Resenha: corretivo Healthy Mix, Bourjois

Desde que meu corretivo do dia-a-dia acabou - no caso, o da Tracta - passei algumas semanas em busca de um novo corretivo. Depois de muito filtrar minha grande dúvida ficou entre o Healthy Mix da Bourjois e o corretivo da Natura Aquarela. Optei pelo primeiro - apesar de ser quase o dobro do preço do segundo - e não me arrependi.

O corretivo custou R$41 numa perfumaria. Geralmente ele fica entre R$40 a 50, não mais que isso.




A proposta continua sendo a mesma da base, dar a radiância, ser hidratante e proporcionar um acabamento natural. De acordo com a embalagem, o corretivo tem propriedades do damasco (radiância) e da framboesa (ativa a micro-circulação).

A Bourjois tem apenas três cores desse corretivo, a minha é a mais clara, 51 éclat clair/light radiance. A cor dele é mais amarelada do que estou acostumada, mas serviu bem.

A embalagem é de uma bisnaga de plástico e tem 10mL.

O cheiro se mantém próximo dos produtos da linha Healthy Mix, algo mais docinho e frutado, mas bem menos que a base. Não é um cheiro que chega a me incomodar.

A textura dele é boa, é mais cremosa que líquida e bem fácil de espalhar, deixando tudo homogêneo. Existem duas formas que eu gosto de aplicar: 1) com o setting brush da Real Techniques, esfumando bem; 2) espalhando com uma esponja tipo a beauty blender. Geralmente com esses dois, o corretivo é rapidamente aplicado, fica bem esfumado e natural.


Sem corretivo | Com corretivo

A luz da foto ficou estranha porque tirei num fim de tarde.

Ele não chega a cobrir 100% ou disfarçar todo o subtom da minha olheira, mas pelo menos não a deixa acinzentada se eu passar corretivo sem o corretor.

Gostei da durabilidade, ele durou bem uma manhã inteira de muito calor. Quando eu fiquei no ar-condicionado ele durou bem mais. Geralmente finalizo com pó para garantir que ele vá durar mais. Uma coisa que não gostei muito é que às vezes, talvez por ser muito hidratante, ele acumula um pouco nas linhas finas - mas atualmente este anda sendo um problema bem comum pra mim.

Prós:
• Ótima opção de corretivo com o preço "mais ou menos";
• Espalha e esfuma bem;
• Cobertura alta porém natural;
• Não acinzenta as olheiras;
• É hidratante;
• Dura bem em climas mais amenos ou se você passa o dia inteiro no ar-condicionado (aí vai durar o dia todo, provavelmente);


Contras:
• Poucas opções de cores;
• Peca um pouco por não durar mais no calor.


Enfim, acho essa uma excelente opção de corretivo pra quem busca algo rápido para o dia-a-dia. Para quem tem a pele mais ressecada, acho que vai amar esse corretivo. Decidi dar 4 corações porque ele conseguiu cumprir bem o objetivo do que eu espero para um corretivo que use no dia-a-dia (poderia ser melhor na duração, mas...).

♥ ♥ ♥ ♥ 

terça-feira, 13 de outubro de 2015

Maquiagem da vez: Cacau, Ricosti

Depois de passar semanas só no batonzinho nude, esse feriadão decidi fazer uma maquiagem pra evidenciar o batom marrom lindo que é o Cacau da Ricosti (resenha aqui). Há dias já estava com a ideia de usar um lápis marrom por baixo desse batom líquido e nessa maquiagem pus a ideia em prática. Funcionou muito bem e ajudou na durabilidade do batom!

Além disso, queria um olho com menos destaque, então usei esse vídeo (clique aqui) da minha musa das maquiagens, Viola Holmgren, como inspiração. Mas achei o delineado muito grande e dei uma senhora reduzida nele.



Produtos usados

Rosto:
Primer "Chafing Relief Powder Gel", Monistat;
"Strobe Cream", M.A.C.;
Corretivo "Erase Paste", Benefit;
Base "Nearly Naked", Revlon;
Corretivo "Healthy Mix", Bourjois;
Bronzer "Hoola", Benefit;
Blush "Douceur", NARS;
Iluminador "High Beam", Benefit;
Pó "Stay Matte", Rimmel;
Spray finalizador Vitamina C, The Body Shop.

Olhos:
Primer Potion "Eden", Urban Decay;
Sombra "Dust" da Naked3, Urban Decay;
Pigmento "Kitschmas", M.A.C.;
Sombra "Marromdito", quem disse, berenice?;
Lápis marrom ColorShow, Maybelline;
Rímel "The Rocket waterproof", Maybelline;
Browset "Quiet Brunette", M.A.C.

Lábios:
Lápis marrom ColorShow, Maybelline;
Batom líquido matte "Cacau", Ricosti.

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Resenha: blush em creme "Tulle", Yes Cosmetics

Desde que assisti um vídeo da Lisa Eldridge - infelizmente não lembro qual - que ela fazia uma maquiagem muito natural e usava blush em creme, fiquei tentada a comprar um e ficar fazendo mil maquiagens naturais. Quem me conhece, sabe que no dia-a-dia adoro uma maquiagem bem básica, que cubra as olheiras e uniformize a pele, por isso dou prioridade para produtos com propostas que deixem a aparência da pele bem leve e natural.

Ganhei esse blush numa promoção da Yes, quando comprava acima de R$70. Na verdade, minha mãe quem ganhou, mas como ela viu que não ia usar, pediu para eu escolher a cor e me deu de presente.




O único blush em creme que já tinha usado era o da Vult, mas não gostei muito. Outro blush numa consistência diferente que eu uso (e adoro) é o blush líquido do Boticário da linha Intense (resenha aqui).

A Yes promete um blush que seja prático, de fácil aplicação e que seca rápido. Ele está na linha da Sabrina Sato e tem três cores disponíveis. Escolhi o Tulle por ele ser o que iria ficar mais natural na minha pele, o que daria aquele corado fofo, já que ele tem um tom de pêssego. A embalagem é de plástico, com tampa de rosquear e vem 3,5g. Pelo que vi no site, ele custa R$23,90.

Na loja, testei a aplicação dele com os dedos e gostei, mas minha forma favorita de aplicar é com um duo-fiber pequeno que eu coloco direto no produto, pego o quanto eu preciso e depois aplico direto no rosto, esfumando bem. De fato, ele é cremoso, mas não molengo, sabem? Achei ele numa textura bem adequada pois dá pra esfumar com o dedo e com o pincel - mas eu prefiro com o pincel, acho que fica mais natural. Não senti que ele tenha deixado a minha pele oleosa ao longo do tempo.

Realmente ele se adapta bem a pele e seca rápido, o que é ótimo (imagina só você aplicando outros produtos e o blush sambando no seu rosto? hahahah). Acho que ele seca rápido por conta da textura, já que ele é cremoso, mas na medida certa.

A duração dele foi um ponto que me decepcionou um pouco. Sozinho, ele não dura bem, mas ele ajuda o blush em pó a ficar mais tempo. Sozinho ele dura umas três horas, o que é uma pena.

Prós:
• Preço na média dos blushes líquidos e cremosos;
• Serve como um "primer" de blush ou pode ser usado sozinho;
• Acabamento natural.

Contras:
• Sozinho dura pouco tempo nas bochechas;
• Pouca variedade de cores.


Apesar do contra, continuo usando-o sozinho e gosto muito. Vou descontar um coraçãozinho por conta da duração.


♥ ♥ ♥ ♥

sábado, 1 de agosto de 2015

Resenha: base Face and Body, M.A.C.

A Face and Body é uma base da M.A.C. que eu já estava de olho há um bom tempo, mas não comprava por inúmeros receios já que tinha lido na internet que era uma base bem molhadinha, que não secava tão rápido, entre outros.

É fato que nem todo mundo vai gostar da Face and Body, já que ela não é uma base que vai agradar aquelas que gostam de um acabamento matte e cobertura alta ou média - que é o tipo de base que mais agrada pelo que vejo.




Como já diz o nome, a F&B é uma base para ser usada no rosto e no corpo. Acredito que seja uma base bem queridinha em backstage de desfiles. Ela é a base d'água e bem fluída mesmo. Antigamente só tinha a opção dessa base com 120mL (R$149), mas recentemente a M.A.C. começou a comercializar uma versão com 50mL (R$119) - que é a minha. Para quem usa no dia-a-dia acho que a de 50mL funciona muito bem. Ela tem um cheiro bem leve que não me incomodou.

A proposta dela é base fluída, que seja possível a construção de camadas, com acabamento natural/acetinado e que seja resistente. Sinceramente, comigo ela cumpriu tudo o que foi proposto.

Como já mencionei, não esperem uma base com uma cobertura alta. Ela é uma base leve, não esconde muito, é o tipo de base que vai deixar a pele bem natural com um acabamento mais bonito e tentando igualar a cor do rosto. Com a construção de camadas, talvez é possível chegar a uma cobertura média. Alguma vezes eu misturo um pouco do matificante ou do hidratante com a F&B para uma primeira camada extremamente leve e depois faço outra camada muito leve também por cima. Para aplicar gosto muito de usar as mãos ou um flat top kabuki em caso de preguiça.

A duração dela é realmente muito boa, dá pra notar que ela fica na pele e não "samba". Uma coisa que tinha muito receio seria a demora dela para secar e que ela deixasse a pele com a impressão de (mais) oleosa. Não, ela não deixa com essa impressão. A pele fica com uma aparência saudável, com um acetinado muito bonito, como se fosse da própria pele. Não achei que ela demorasse tanto assim para "aderir" a pele, como ela é muito líquida e devido ao acabamento acho que dá essa sensação.


Antes (sem a Face and Body) | Depois (com a Face and Body)

Recomendo bastante essa base para quem gosta de uma cobertura leve e acabamento acetinado. Quem tem pele oleosa pode usar tranquilamente, não se preocupe. Devido ao tamanho dela, esse o tipo de base que mesmo com o preço alto, dá pra usar no dia-a-dia porque rende muito bem. Comprei a de 50mL porque fico com medo de perder o produto caso ele estrague, acho que para mim, a de 120mL, seria um desperdício.

Prós:
• Ótimo custo x benefício se levarmos em conta a quantidade de produto e o preço;
• Boa opção para quem procura uma base que deixe a pele com aparência natural;
• Mais um ponto para a duração, que mesmo em dias quentes, a base se mantém.

Contra:
• Não é bem um contra, mas, vem muito produto. Talvez para quem não usa muita base, o risco dela estragar e perder o produto é maior.

Enfim, acho que já deu pra notar que essa foi uma compra que eu não me arrependi e gostei bastante, atingiu todas as minhas expectativas que busquei nela - o que me deixou bem satisfeita. Portanto, dou cinco corações pra ela.

♥ ♥ ♥ ♥ ♥

sexta-feira, 26 de junho de 2015

Maquiagem da vez: Ghoulish, L.A. Splash

Quando o "Cashmere" da Lime Crime foi lançado, logo ele entrou na minha "wishlist" por ser o nude mais diferente e legal que já vi na vida. Infelizmente meu cartão de crédito boicota a Lime Crime (ou boicotava, porque parece que a Lime Crime não entrega mais no Brasil). Depois de um tempo, começaram a surgir vários dupes do "Cashmere", entre eles o "Ghoulish" da L.A. Splash, que eu ganhei da Dáfni. Nem preciso dizer que amei e sou muito grata a Dáfni pelo presente maravilhoso. Em breve faço uma resenha dessa belezinha. ;)

Outra coisa que quis dar uma "ousada" nessa maquiagem foram nos olhos. Estava com a minha Smoked Palette encostada há um tempinho. Pra quem não lembra a Smoked Palette foi um vício meu por um tempo, mas hoje ela anda meio encostada porque a Naked2 Basics é o meu xodó. Enfim, a "ousadia" ficou no côncavo, que usei uma sombra metálica mais colorida ao invés de um marrom médio matte, interessante que eu até que gostei da combinação.




Produtos usados
Rosto:

Corretivo "Erase Paste", Benefit;
Base "Healthy Mix", Bourjois;
Corretivo "Instant Age Rewind", Maybelline;
Prep+Prime Highlight "Radiant Rose", M.A.C.;
Bronzer "Desert Sun", Mary Kay;
Blush "Hot Mama!", TheBalm;
Iluminador "High Beam", Benefit.

Olhos:
Primer Potion "Original", Urban Decay;
Sombras "Barlust" (em toda pálpebra) e "Loaded" (no côncavo) da "Smoked Palette", Urban Decay;
Iluminador "Mary-Lou Manizer" (como sombra iluminadora), TheBalm;
Lápis "Colorshow Nude", Maybelline;
Rímel "They're Real", Benefit;
Rímel "Soul - Maximize your lashes", Eudora;
Corretivo em pasta para sobrancelhas, Contém 1g.

Boca:
Batom "Ghoulish", L.A. Splash.

segunda-feira, 15 de junho de 2015

Resenha: batom líquido matte "Cacau", Ricosti

Para quem me segue no instagram (@augusta_teixeira|@vaidadecritica, atualmente tenho atualizado mais o meu instagram pessoal do que o do blog), percebeu que ultimamente ando muito numa vibe "gótica suave" (alguém me explica de onde surgiu esse termo? Porque eu tô AMANDO).

Nessa vibe de muito "goticismo", desejei fortemente o "Salem", aquele batom líquido marrom da Lime Crime. Mas além do dólar não ajudar, a marca se meteu em várias polêmicas e eu preferi não comprar os produtos deles. Para quem quiser saber mais sobre as polêmicas da Lime Crime, é só procurar por "Lime Crime scandal" no Google e sim, infelizmente tá tudo em inglês - mas é só jogar no Google Tradutor, ahahah.

Passeando pela minha cidade natal, encontrei numa loja de departamento local os batons da Ricosti. A Ricosti sempre foi uma marca que eu torcia o nariz por ser bem baratinha e com embalagem simplinha. Minha mãe já tinha tido uma sombra da marca e era o terror porque esfarelava muito e qualquer coisa ela quebrava, aí juntou o preconceito e essa experiência e vocês imaginem. Enfim, testei o batom líquido matte no dorso da mão, fotografei as cores e compartilhei com as amigas.

Depois disso, a minha amiga Dáfni, que anda obcecada com os batons líquidos mattes, comprou o dito cujo e aprovou.

Em outras andanças, agora na cidade que estou morando achei todas as cores do batom líquido da Ricosti e por *CATORZE* reais. Vi o "Cacau", achei lindo e não resisti, arrematei.

O "Cacau" é um batom líquido matte marrom escuro meio quente. A embalagem é bem típica desses tipos de batom: de plástico e com o aplicador tipo gloss. Vem 4,5mL.



A consistência dele não é bem líquida como os da quem disse, berenice? - que por sinal, estou devendo resenha - mas também não é tão consistente quanto os da Dailus, acredito que ele fique num meio termo.

A cobertura dele é incrível. Ficou absolutamente impecável com apenas uma camada. Em relação a secagem, olha, eu fiquei satisfeita porque sinto dificuldades em aplicar batons escuros e ele não seca tão rápido quanto os da quem disse, berenice?, por exemplo. Acho que ele seca mais rápido que os da Dailus. E sim, quando ele seca fica 100% opaco e lindo.


A duração dele é maravilhosa: ele dura muito bem, mas se você for comer, recomendo você levá-lo na bolsa para reaplicar, pois só o contorno dos lábios sobrevive.

Também notei que ele não esfarela, isso só acontece se você ficar juntando os lábios (sabe quando você aplica batom comum e tenta igualar a cor juntando os lábios? Pronto, é isso).

Recomendo também que antes de usá-lo seus lábios estejam esfoliados e hidratados, mas esses são cuidados básicos de quem usa batom matte.

Prós:
• Preço camarada;
• Marca nacional, logo é mais fácil de achar;
• Aplicação fácil;
• Secagem mediana;
• Boa duração;
• Cobertura satisfatória.


Contra:
• Dependendo, pode esfarelar.

Acho que pela resenha já deu pra notar o quanto eu amei e o quanto esse produto atingiu as minhas expectativas. Vocês tem alguma dúvida que ele vai levar cinco corações? rs Ah, lá no meu instagram tem uma foto minha usando esse batom ;)

♥ ♥ ♥ ♥ ♥


sexta-feira, 3 de abril de 2015

Maquiagem da vez: Savana Mate, Contém 1g

Batom antiguinho, maquiagem recente. Como comentei no post anterior, estava querendo muito usar o Savana Mate esses dias já que ultimamente a rotina não me permite usar tons muito fortes nos lábios. Hoje aproveitei para tirar o atraso.

Passei uma camada leve do Savana Mate e espalhei com um pincel de lábios, pois queria um efeito mais sutil e um tom mais vermelho/menos vinho.



Produtos usados

Rosto:
Base "Healthy Mix", Bourjois;
Corretor "Making off" cor "Salmão", Contém 1g;
Corretivo "Instant Age Rewind", Maybelline;
Corretivo iluminador "Touche Magique", L'Oreal;
Contorno "Taupe", NYX;
Blush "Violetix" e "Roselon", quem disse, berenice?;
Pó "Stay Matte", Rimmel.

Olhos:
Primer Potion "Eden", Urban Decay;
Sombras "Nooner", "Liar", "Blackheart" e "Dust" da "Naked3", Urban Decay;
Sombra "Blackout" da "Naked2", Urban Decay;
Rímel "Colossal", Maybelline;
Brow set "Quiet Brunette", M.A.C.

Boca:
Batom "Savana Mate", Contém 1g.

Maquiagem da vez: Chocolate, Yes! Cosmetics

Aproveitando o feriadão visitando a família (e as maquiagens), aproveitei para usar as coisas que deixei na casa da minha mãe (que foram até muitas).

Fiz uma maquiagem relativamente rápida e básica. Queria tudo bem clean e harmonizado para o batom. A ideia inicial era usar o "Savana Matte" da Contém 1g, porém mudei de ideia já que estou em fase de lua-de-mel com o "Chocolate" da Yes! Cosmetics - que espero fazer uma resenha em breve.

Ah, coloquei o efeito "mirror" na foto porque acho que para visualizar a maquiagem fica mais bacana, mas se vocês não gostarem, me avisem.




Produtos usados
Rosto: 
Base "Healthy Mix", Bourjois;
Corretor "Making Off" cor "salmão", Contém 1g;
Corretivo "Instant Age Rewind", Maybelline;
Contorno blush "Taupe", NYX;
Blush "Hot Mama!", TheBalm;
Pó "Stay Matte", Rimmel.

Olhos:
Primer Potion "Eden", Urban Decay;
Sombras "Tease", "Suspect", "Blackout" e "Bootycall" da "Naked2", Urban Decay;
Delineador líquido 24/7 "Perversion", Urban Decay;
Rímel "They're Real", Benefit;
Brow Set "Quiet Brunette", M.A.C.

Boca:
Batom "Chocolate", Yes! Cosmetics.

domingo, 29 de março de 2015

Sumiço

Oi pessoal!

Resolvi aparecer para dar uma breve satisfação a vocês do meu sumiço. Primeiro que infelizmente o blog me desmotivou um pouco por n razões. Depois que eu senti que perdi a mão de fazer as resenhas (sabe, é como se fosse um exercício que eu tivesse que fazer sempre, mas quando eu ficava um tempo sem fazer, desaprendia). Enfim, várias coisinhas que se acumularam e terminei deixando o blog cada vez mais de lado.

O instablog - ou seja, o instagram do blog - está meio de lado também, mas continua por lá @vaidadecritica. Às vezes eu posto uma coisa e outra.

Sei que o blog nunca foi pessoal, a intenção não era falar sobre a minha vida, mas sim um espaço para compartilhar ideias sobre maquiagem e outras coisas relacionadas a beleza. Mas sinto a necessidade de compartilhar algumas mudanças que aconteceram na minha vida: 2014 foi um ano complicado em vários sentidos. Primeiramente, tive alguns problemas no início do ano que se perduraram até quase que o final do mesmo. 2014 era meu último ano na graduação de Ciências Sociais e ano que prestaria seleção no mestrado de Ciência Política - área que sempre gostei. Pois bem, consegui me fortalecer, concluir meu curso e passei na seleção de mestrado de um dos melhores programas de pós-graduação na área. E isso fez com que tivesse que me mudar. Sim, mudar de estado.



A verdade é que aqui me sinto bem só porque ainda não conheço ninguém e só faço estudar, rs. Então voltei a pensar sobre o blog que sempre foi algo que gostei muito. Terça estarei indo visitar a minha família e dessa vez eu trago a câmera para poder fotografar alguns produtos e fazer alguma resenha ou post. Infelizmente não trouxe todas as minhas maquiagens porque sempre que puder, vou para a casa da minha mãe (que fica a 4 horas da cidade que estou morando).

Também gostaria de saber o que vocês acham sobre vídeos. Pensei em fazer vídeos agora que tenho um bom computador e posso editá-los com mais eficiência.

Acho que é só isso. Espero que possa retornar para cá mais vezes e que vocês visitem e comentem (porque comentários também servem como incentivos para eu continuar postando, heheh).

Beijão,
Augusta.