segunda-feira, 4 de julho de 2016

Resenha: batom líquido matte da quem disse, berenice?

Algumas amigas que também são leitoras do blog sugeriram que eu fizesse uma série de resenhas sobre os batons líquidos matte que tenho. Como toda sugestão é muito bem-vinda, vou começar hoje com a primeira de algumas resenhas desse tipo de produto.

Decidi começar pelos batons da quem disse, berenice? porque eles são maioria na minha pequena coleção de batons desse tipo.

Tenho sete batons líquidos matte da quem disse, berenice?, eles são: Rosadili, Uvali, Vermeli, Vinheli, Lilali, Bordoli e Berinjeli. Os quatro primeiros foram da primeira leva de batons líquidos matte da quem disse, berenice?, tem 2,8mL e custam R$31,90. Já a segunda leva, que tem cores que eu considero mais "invernais", tem o dobro (5,6mL) e custam R$35,90.




A embalagem deles é uma graça: pequenininha, de plástico, com um pincel aplicador de esponja.

De todos os batons líquidos que tenho, os da quem disse, berenice? tem a consistência/textura que mais gosto por serem líquidos na medida certa e não aquela pasta esquisita. Talvez por ele ser de fato líquido, ele fica mais fácil de aplicar e acho que, dependendo da cor, ele fica bem homogêneo, perfeito. Não sinto que ele acumula nas linhas - apesar de achar que ele fica mais bonito quando os lábios estão devidamente esfoliados e hidratados.

No quesito cobertura, sinto que a primeira camada cobre bem, mas algumas vezes preciso passar uma segunda. Diferentemente de outros batons de outras marcas, os líquidos da quem disse, berenice? não craquelam e nem acumulam quando aplico uma segunda camada para deixar o batom mais uniforme.

A duração é maravilhosa, típica de um batom líquido matte: ele só sai quando como algo gorduroso. Não transfere quando dou beijinhos (BEIJINHOS, HEIN) e nem quando bebo água.

Agora vamos as cores:
Uvali, Rosadili e Vermeli
Uvali: ele é mais puxado pra um violeta meio neon. É um dos que eu menos uso porque sinto que ele mancha um pouco (e terminou que a cor não me agrada tanto assim);

Rosadili: rosa cor da moda, aberto e bem parecido com o Flat out Fabulous - porém com mais rosa e menos roxo;

Vermeli: vermelho aberto, bem verão, acho ele parecido com o Ruby Woo, porém mais aberto.


Lilali e Vinheli
Lilali: lilás clarinho, quase um lavanda que não deixa os dentes amarelados já que ele tem mais pigmento azul. Já me perguntaram se ele é parecido com o Up the Amp da M.A.C., mas não acho;

Vinheli: vermelho escuro, meio queimado com um pouquinho de nada de marrom, mais parecido com o Diva da M.A.C.


Bordoli e Berinjeli
Bordoli: vinho escuro com subtom frio;

Berinjeli: roxo vamp, bem escuro, com muito pigmento azul.

Os mais escuros são mais chatinhos de deixar homogêneo comparado com os mais claros. Mas eles ficam bem bonitos nos lábios e são muito confortáveis.

Prós:
• Preço razoável;
• Pode ser comprado em lojas físicas ou online;
• Muito confortáveis;
• Secam rápido;
• São *líquidos* e não pastosos;
• Excelente duração;
• Boa cobertura.

Contra:
• Algumas cores mancham, daí termina não ficando tão uniforme.

No mercado de batons líquidos matte nacional os da quem disse, berenice? são os meus favoritos. Finalmente eles ampliaram a paleta de cores - que eu considerava um ponto negativos eles terem uma quantidade limitada, mas acredito que aos poucos eles irão aumentando. Enfim, acho que vale muito a pena pra quem gosta de batons desse tipo mas não quer dar mais de R$50 nesse produto. Por isso, eles tem cinco corações na minha avaliação.

♥ ♥ ♥ ♥ ♥